Harry Goldfarb em “A Vida Não é um Sonho” (2000)

Publicidade

Personagem: Um rapaz viciado em heroína que faz de tudo para poder arranjar dinheiro para comprar droga.

Viciado em heroína, o jovem Harry penhora de forma recorrente a televisão da sua mãe para conseguir dinheiro. Desta forma vai alimentando o seu temível vício. Harry Goldfarb foi a primeira personagem com enorme preponderância na carreira do ator. Intenso, sólido e consistente é assim definido o desempenho de Jared Leto.

Leto vai ao fundo, tem uma interpretação imaculada. O ator, com a sua personagem, mergulha nas profundezas de um oceano que se revela como era esperado, tenebroso e sem um fim são à vista. A decadência da personagem contrasta com o vigorar da interpretação.

Realização: Darren Aronofsky