O mais recente filme de Tom Hanks estreou em dezembro, e tem o selo Netflix.

Realizado e co-escrito (a par de Luke Davies) por Paul Greengrass, o filme tem como cenário os EUA no século XIX.

Capitão durante a Guerra Civil norte-americana, Kidd (Tom Hanks) atravessa o país de cidade em cidade, onde lê as notícias e conta as histórias ao povo.

Durante uma dessas viagens, o ex-capitão encontra uma menina (Helena Zengel) perdida na devastação causada por rebeldes americanos.

Este faz uma promessa de a proteger e levar a um lugar seguro, onde possa chamar de lar.

Ao longo do caminho vão encontrando todo o tipo de perigos e pessoas. Desde traficantes de índios a tempestades de areia, ou ainda uma pequena cidade governada por um tirano.

Por onde passa, Kidd lê as notícias e repara que as pessoas gostam de o ouvir. Mesmo que as notícias não lhes digam ou tragam nada de relevante, a forma como as lê e conta as história, dá alegria e uma distracção ao povo.

Hanks carrega o filme às costas, mas é acompanhado de uma boa banda sonora

O filme acompanha o percurso de Kidd e Johanna em busca de um lugar seguro.

Nos momentos calmos, conseguimos perceber a ligação que as duas personagens vão desenvolvendo, porque vão tentando ensinar um ao outro, o seu dialecto.

A personagem de Helena Zengel consegue demonstrar a emoção de uma menina perdida dos seus, ainda que não tenha grandes diálogos.

O diálogo é, na sua maioria, conduzido por Tom Hanks. O actor transporta a emoção e a experiência para protagonizar todos os momentos fortes do filme.

No entanto, este é bem acompanhado por uma banda sonora (James Newton Howard) que é capaz de caracterizar bem os momentos.

Em suma, é um filme que no seu todo acaba por ser algo previsível (há muitas histórias do género) mas é competente na história que quer contar.

Notícias do Mundo está disponível na Netflix desde fevereiro e está nomeado para os Globos de Ouro 2021, nas categorias de Melhor Banda Sonora e Melhor Actriz Secundária.