Maria Auxiliadora Lara Barcelos foi uma militante política que lutou contra a ditadura militar no Brasil. Presa, torturada e banida do país acabou por se suicidar no exílio em Berlim.

Uma biografia emocional de uma mulher que viveu demasiado tempo na clandestinidade.