A comediante e atriz dará vida à célebre boneca da Mattel, numa produção da Sony. As reações à escolha de Schumer têm-se mostrado muito divididas.

A história passar-se-à num mundo mágico habitado por Barbies. No entanto, uma das bonecas (interpretada por Amy Schumer) começa a aperceber-se de que não se encaixa naquele mundo. Após ser expulsa, Barbie viverá no mundo real onde aprenderá que a verdadeira beleza está no interior de cada pessoa.

Publicidade

O filme será produzido pela Sony Pictures, que fechou contrato com a Mattel em 2014. Para já não está decidido o realizador, apenas se prevê que a estreia do live-action de “Barbie” será em meados de 2018.

Entretanto, as reações têm-se mostrado bastante divididas pela escolha de Schumer para interpretar uma das bonecas mais conhecidas do mundo.

Por um lado uns acreditam que a escolha de Amy Schumer será uma forma de romper com os estereótipos relativos à beleza, magreza e perfeição que estão profundamente associados à boneca da Mattel desde a sua criação.

Por outro lado, vários críticos, além de salientarem que Amy não é fisicamente similar à Barbie, criticam a escolha devido às atitudes controversas por parte da comediante, nomeadamente os seus comportamentos excêntricos associados a álcool e drogas, assim como as suas ideologias feministas radicais.