O júri que vai presidir à 23ª edição do Caminhos Film Festival já foi revelado. Tendo em conta o carácter multidisciplinar do festival, a equipa escolhida também o é.

O Júri da Selecção Caminhos já é conhecido. Fazem parte dele a actriz Ana Padrão, a stylist Susana Jacobetty, o investigador de Humanidades Digitais António Dias Figueiredo, a produtora Maria João Mayer, o criador de marcas Carlos Coelho, a realizadora Rita Azevedo Gomes, o director de arte João Torres, o dramaturgo Pedro Chagas Freitas e o escultor Pedro Figueiredo.

A acrescentar a estes grandes nomes, temos os que compõe o Júri de Imprensa, que também avalia a Selecção Caminhos. São eles a jornalista freelancer Cláudia Marques Santos, o Director do Notícias de Coimbra Fernando Moura e o crítico de cinema do Público Luís Miguel Oliveira.

Este é o Júri mais importante do festival, sendo que é nesta selecção que são atribuídos os prémios Melhor Longa e Curta-Metragem, da Melhor Animação, do Melhor Documentário, o Prémio Revelação e ainda o Grande Prémio do Festival.

Já na Selecção Ensaios, que destaca o cinema produzido no contexto académico, o júri escolhido foi: o realizador/produtor Jerónimo Rocha, a actriz Sara Barros Leitão, o músico David Santos (mais  conhecido por “Noiserv”), a directora de produção Ângela Cerveira e pela actriz/directora de actores Carla Chambel.

O Caminhos Film Festival vai realizar-se entre 27 de Novembro e 3 de Dezembro em Coimbra no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) e é integralmente dedicado ao cinema nacional. Para mais informações podes consultar o site oficial do festival e a página oficial do festival no Facebook.