Se há algo que não falta neste mundo são filmes. Mas bons filmes, já é outra história. No entanto, “O Bom Rebelde” de Gus Van Sant é um daqueles que te vai encher as medidas.

Will Hunting (Matt Damon) é um rapaz muito inteligente, com um grande capacidade intelectual acima da média. No entanto, trabalha numa universidade não como estudante mas como empregado de limpeza, e desperdiça as suas potencialidades passando os dias no bar local ou então na esquadra de polícia.

Após resolver um problema matemático com um nível de dificuldade elevado, supostamente atribuído aos alunos da faculdade, este desperta o interesse do professor Lambeau (Stellan Skarsgård), que faz de tudo para saber quem ele é. No entanto, Will é preso por espancar um homem, mas Lambeau sabendo das suas capacidades, decide libertá-lo com uma condição. Will tem que ajudar o professor a resolver alguns problemas e inclusive frequentar um psicólogo. Após uma série de consultas e tentativas falhadas, Will conhece Sean McGuire (Robin Willians) que todos esperam que o ajude com os seus problemas de atitude.

O argumento do filme “O Bom Rebelde” foi elaborado pelos dois atores integrantes do filme – Matt Damon e Ben Affleck, e há uma história muito engraçada associada à escolha do estúdio que iria produzir o filme. Acontece que eles estavam com imensas dúvidas sobre que estúdio escolher, então decidiram escrever na página 60 do guião, uma cena de sexo completamente descontextualizada entre o Will e o Chuckie (as suas personagens). Eles levaram o guião a todos os grandes estúdios e quase ninguém mencionou a cena. Quando eles se encontraram com o Harvey Weinstein da Miramax (co-fundador da empresa), ele disse-lhes que tinha apenas uma questão relacionada com a página 60, onde os personagens principais, dois homens heterossexuais, tinham uma cena de sexo. Depois de lhes pedir explicações, o Damon e o Affleck explicaram-lhe que a única razão dessa cena estar escrita era porque eles queriam saber quem realmente lia o guião. Como o Weinstein foi o único que mencionou, Miramax foi o estúdio escolhido para produzir o filme