“DARK”  explora o conceito de tempo e espaço, de uma forma muito singular, mas que interessará a todos os fãs de thrillers!

Em “DARK” seguimos quatro famílias cujas vidas se cruzam inesperadamente devido a dois misteriosos raptos. O desaparecimento de duas crianças em Winden, uma pequena cidade alemã, abre abismos que alteram o conceito de tempo. A questão não é quem , a questão é: Quando?

Publicidade

Esta é primeira série original alemã da Netflix e a sua atmosfera faz lembrar os dramas e mistérios que caracterizam a televisão nórdica e francesa. Os criadores Baran bo Odar e Jantje Friese admitem que foram inspirados pela atmosfera da série francesa “The Returned”. O seu carácter um pouco bizarro também faz lembrar “Twin Peaks”. No entanto, a série tem sido bastante comparada com “Stranger Things” devido ao enredo similar, banda sonora e sofisticação.

Nesta série, tudo está ligado. Daí tornar-se um pouco complexa ao fim do segundo episódio. No entanto, essa complexidade é exatamente o que a torna tão cativante. A ansiedade em saber mais, em conhecer como tudo se relaciona e o que irá acontecer a seguir prende qualquer um ao ecrã, tornando-se extremamente difícil ver a série de forma faseada. Baran bo Odar e a sua equipa de argumentistas fizeram um excelente trabalho ao lidar com essa complexidade inerente aos conceitos do tempo e espaço, e também de fasear revelações importantes.

São muitas as personagens que fazem parte desta intrigante história. Os atores que as interpretam, fazem um trabalho maravilhoso, tanto os novos como os mais velhos. Oliver Masucci, Louis Hofmann, Karoline Eichhorn e Maja Schöne merecem particular destaque por darem vida a personagens muito complexas e tridimensionais.

Para além de uma cinematografia brilhante, a série conta com uma banda sonora eletrizante. Esta contribui imenso para a criação de uma atmosfera sombria e com muito suspense.

Em suma, “DARK” é daquelas séries que acabas de ver e queres logo começa-la outra vez. Os seus dez episódios de uma hora não só satisfazem, mas também viciam. O seu final aberto levou à renovação para uma segunda temporada.