Já são conhecidos os vencedores do Festival de Veneza. Guillermo Del Toro recebe o Leão de Ouro pelo romance de ficção científica “The Shape of Water”.

História de amor de uma empregada de limpeza muda que se apaixona por uma criatura subaquática aprisionada em instalações militares, “The Shape of Water” conquistou o coração do júri do Festival de Veneza, recebendo o Leão de Ouro.

“The Shape of Water”

O filme é protagonizado por Sally Hawkins, acompanhada por Octavia Spencer, Michael Shannon e Richard Jenkins. “The Shape of Water” estreia em Portugal a 1 de Fevereiro de 2018. Guillermo Del Toro comentou:

Tenho 52 anos, peso 136kg e fiz 10 filmes. Há um momento na vida de cada contador de histórias, independentemente da sua idade, em que se aposta tudo e faz-se algo diferente. Para todos os realizadores latino-americanos que sonham em fazer algo no género do fantástico, é possível fazê-lo.

Os outros prémios principais do festival foram Grande Prémio do Júri para “Foxtrot” do israelita Samuel Maoz, Melhor Realização (Leão de Prata) e Melhor Primeiro Filme para Xavier Legrand por “Jusqu’à la garde” e Melhor Argumento para “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri” (de Martin McDonagh, com Frances McDormand e Woody Harrelson).

“Three Billboards Outside Ebbing, Missouri”

Os Volpi Cup de Melhor Ator e Melhor Atriz foram respetivamente para Kamel El Basha por “The Insult” e Charlotte Rampling por “Hannah”. O prémio Marcello Mastroianni para Melhor Novo Ator/Atriz foi para Charlie Plummer de 18 anos pelo seu desempenho em “Lean on Pete”. O prémio especial do júri foi entregue a Warwick Thornton por “Sweet Country”.

Vencedores da secção horizontes: Melhor Filme – “Nico, 1988” ; Melhor Realizador – Vahid Jalilvand por “No Date, No Signature” ; Prémio Especial do Júri – “Caniba” ; Melhor Atriz – Lyna Khoudri por “Les Bienheureux” ; Melhor Ator – Navid Mohammadzadeh – “No Date, No Signature” ; Melhor Argumento – “Los Versos Del Olvido” ;  Melhor Curta-Metragem – “Gros Chagrin” ; Leão do Futuro Luigi De Laurentiis – “Jusqu’á la garde”.

Vencedores da secção de clássicos: Melhor Restauração – “Idi I Smotri” ; Melhor Documentário sobre Cinema – “The Prince and the Dybbuk”.

Vencedores da secção de realidade virtual: Melhor Realidade Virtual – “Arden’s Wake” (Expanded) ; Melhor Experiência em Realidade Virtual – “La Camera Insabbiata” ; Melhor História em Realidade Virtual – “Bloddless”.