O número de futuros projetos que a Warner Bros. e a DC Entertainment planeiam há anos já é interminavelmente grande. Um deles é o filme a solo da Supergirl.

Linda Danvers, cujo nome de nascimento é Kara Zor-El, é a prima kryptoniana de Kal-El/Clark Kent, o icónico Super-Homem. Mais conhecida por Supergirl, a personagem foi criada pelos autores de BD americanos Otto Binder e Al Plastino. Esta apareceu nas comics pela primeira vez em 1959.

Publicidade

Assim como a Mulher Maravilha, o Aquaman e o Flash, a Warner Bros. pretende (já há alguns anos) produzir um filme solo da personagem, que se insira no presente Universo Cinematográfico da DC. Curiosamente, “Homem de Aço”, de 2013, o primeiro filme do DCEU, continha uma referência subtil à personagem.

Supergirl
A super-heroína Kara Zor-El/Linda Danvers/Supergirl
Vê também: Edward James Olmos está fora da versão final de “The Predator”

Oren Uziel, o co-guionista de “Agentes Universitários”, do recente “O Paradoxo Cloverfield” e do futuro “Sonic the Hedgehog”, foi contratado para se encarregar do argumento. De resto, nada mais se sabe acerca do projeto. Nem produtores, realizadores e atores considerados, premissa, data de estreia ou personagens secundários foram ainda revelados.

A personagem pôde, no entanto, ser vista várias vezes nos últimos anos. Na televisão, foi interpretada por Laura Vandervoort, em “Smallville”, transmitida desde 2001 a 2011, e é desde 2015 interpretada por Melissa Benoist em “Supergirl”, produzida pela Warner Bros. Television e exibida na CW. A última faz parte do presente universo televisivo Arrowverse, que inclui outros personagens populares como o Flash e o Arrow. No cinema, a personagem recebeu o seu primeiro filme solo (homónimo), protagonizado pela Helen Slater, realizado pelo francês Jeannot Szwarc e lançado em 1984.