Quando a Disney comprou os direitos de “Star Wars” a George Lucas, J.J. Abrams aceitou realizar o Episódio VII, mas lamenta ter recusado o cargo nas sequelas.

Despedindo-se da cadeira de realizador na saga que revitalizou (o terceiro filme, “Star Trek: Além do Universo”, foi entregue a Justin Lin), J.J. Abrams dirigiu-se para a Disney para realizar um dos filmes mais cobiçados de sempre – “Star Wars: O Despertar da Força”. Acontece que na altura Abrams recusou realizar as sequelas “Episódio VIII” e “Episódio IX”, que ficaram a cargo de Rian Johnson (“Looper – Reflexo Assassino”) e Colin Trevorrow (“Mundo Jurássico”), respetivamente. Sendo que Abrams ficou apenas com o cargo de produtor executivo.

Publicidade

Star Wars: The Force Awakens

Agora, em declarações ao The Washington Post, o realizador lamenta a sua decisão, segundo o amigo de longa data, Greg Grunberg:

 “Ele leu [o argumento] e disse algo que nunca, em tempo algum, diz – ‘É tão bom, que gostava de ser eu fazê-lo.” 

“Star Wars: Episódio VIII” estreia em Portugal a 25 de Maio de 2017 e “Star Wars: Episódio IX” chega aos cinemas em 2019.