Foi na sexta-feira que a autora da saga Harry Potter confirmou no Twitter que se inspirou no ditador português para dar nome a um dos fundadores de Hogwarts.

Há muito que os fãs teorizavam sobre o assunto. Salazar Slytherin é uma personagem cruel, que partilha muitos traços de personalidade com António de Oliveira Salazar. É um dos fundadores da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, um dos pilares do Purismo que durante séculos, se não milénios, criou conflitos no mundo da feitiçaria. Não é demais relembrar que Tom Riddle, Lord Voldemort, é descendente de Salazar Slytherin, tendo herdado a sua habilidade de falar com cobras.

Publicidade

Ver Também:  Jude Law vai ser Albus Dumbledore em “Monstros Fantásticos 2”

Esta é de longe a única marca que a curta estadia de Rowling em Portugal (1991-1992) deixou numa das maiores sagas de fantasia de sempre. Desde a arquitectura da livraria Lello ao traje académico do Porto, até nos feitiços do mundo de Rowling podemos ver a influência lusa. Quem não se lembra de Aguamenti?