Tom Hiddleston protagoniza a adaptação do clássico de J.G. Ballard.

Vencedor de vários prémios por filmes britânicos independentes, tão originais quanto peculiares, entre os quais “Kill List – Uma Lista a Abater” e “Sightseers – Assassinos de Férias”, o realizador Ben Wheatley parte para um novo projeto a uma escala muito maior – “High-Rise: Arranha-Céus”.

Trata-se de uma adaptação de uma das obras de J.G. Ballard, autor cujos livros deram origem a filmes como “O Império do Sol”, de Steven Spielberg, “Crash”, de David Cronenberg e “Aparelho Voador a Baixa Altitude”, um filme português de Solveig Nordlund, com Margarida Marinho, Rui Morrison e Miguel Guilherme.

“High-Rise” segue o novo residente de um arranha-céus que funciona como uma cidade autónoma, cujas classes sociais se dividem pelos pisos do edifício. Com festas luxuosas, spa, court de ténis, discoteca, jardins, entre muitas outras divisões de lazer, os mais ricos vivem uma vida sem limites, enquanto os pobres tentam juntar dinheiro para se mudarem para um piso superior. Um dia, a situação perde o controlo.

highrise_ver3_xlg

Tom Hiddleston interpreta o novo residente, Dr. Robert Laing e Jeremy Irons é o arquiteto do arranha-céus, Anthony Royal. O filme conta ainda com Sienna Miller, Luke Evans, Elisabeth Moss e James Purefoy.

A data de estreia no Reino Unido é a 18 de Março. Em Portugal deve estrear no Verão.