A adaptação da série de romances de Diana Gabaldon já vai na terceira temporada (no Tv Series), por aqui vamos ao resumo da primeira temporada de Outlander.

Outlander é a adaptação da obra de sucesso de Diana Gabaldon. Vendeu mais de vinte milhões de cópias e já foi traduzido em 23 idiomas. Uma versão histórico-romântica, com toque de magia do pós-guerra e da luta pela independência da Escócia.

A série da Starz conta com a irlandesa Caitriona Balfe, o escocês Sam Heugan, e o britânico Tobias Menzies.

As temporadas são divididas de acordo com os livros, seguindo de perto a trama literária, com poucas alterações. Assim, a primeira temporada divide-se em dezasseis episódios. Ao longo desta  descobrimos a heroína Claire, que, por magia, leva uma vida dupla. Tem um marido num século e um amante noutro, qual é o amante e qual o marido…

Enredo da 1ª temporada de Outlander

Em 1945, Claire Randall, ex-enfermeira do Exército britânico, regressa da guerra e está com o marido, Frank Randall, em lua-de-mel. É então encantada pelo canto vindo de um rochedo dentro de um antigo círculo de pedras no meio da Escócia. Num grito, é transportada para o ano de 1743, no meio de uma escaramuça entre ingleses e escoceses.

Confundida com uma prostituta pelo violento capitão Black Jack Randall, é salva pelo poderoso clã escocês MacKenzie. Estes julgam-na espia, mas com a sua experiência em enfermagem, Claire passa por curandeira e ganha o respeito dos guerreiros. Perseguida a solução é tornar-se membro do clã. Acaba por casar com Jamie Fraser, que demonstra uma paixão arrebatadora. Inicialmente tímido, acaba por revelar-se um amor absoluto, Claire fica então dividida entre dois homens em duas épocas inconciliáveis.

A crítica aclamou o trabalho dos atores, realçando o episódio onde Jamie sofre às mãos do Capitão Black Jack Randall. A viajante no tempo e esposa, Claire, terá que salvar o seu corpo e a sua alma. Um episódio de pura dor e talento que gravou esta série na história.

Uma temporada tão marcante que o próprio George R.R. Martin, com 23 nomeações para Game of Thrones, afirmou que Outlander merecia ser nomeada para melhor série. 

O desempenho de Caitriona Balfe mereceu-lhe várias nomeações e vitórias para os BAFTA, People Choice Awards e para os Golden Globes em 2016 e 2017.

O genérico “The Skye Boat Song”, uma mistura de gaélico e inglês, de Bear McCreary é uma obra prima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui