Depois de ganhar elogios na crítica internacional com Narcos, o brasileiro José Padilha vai desenvolver mais uma série internacional.

O cineasta vai dirigir The Brand, série que vai abordar o mundo de gangues neonazistas.

Publicidade

Inspirado num artigo publicado em 2004 pelo New Yorker do autor David Grann, a história vai focar nos eventos reais que aconteceram entre os anos 70 e 80 nos Estados Unidos, época em que a guerra do governo americano contra o narcotráfico resultou em uma superpopulação repentina nas prisões e no surgimento de organizações criminosas como a Irmandade Ariana.

Além de ter retrabalhado o argumento, Padilha será produtor executivo da série, ainda sem previsão de estreia, mas já com sinal verde da Showtime. No momento o diretor prepara a segunda temporada de Narcos e procura um projeto cinematográfico para tentar se reabilitar em Hollywood.