A SIC deu origem a várias reações negativas da parte de vários espectadores após ter exibido o primeiro filme de “Deadpool” com diversas partes cortadas no último domingo à tarde.

Durante a sua tarde de cinema de domingo, especificamente às 17h30, a SIC emitiu o filme daquele que é um dos anti-heróis mais conhecidos da Marvel. Contudo, as reações nas redes sociais ao corte das cenas mais violentas não se fez esperar:

Screenshot 2018 06 11 17.24.38

A censura ao filme motivou inclusive um protesto no Portal da Queixa. Citando a mensagem deixada pelo utilizador Pedro Félix:

Acho incrível a quantidade de cortes a que o filme Deadpool foi sujeito. Se sabem que é um filme que contém cenas e palavras consideradas ofensivas para o público em geral como é que transmitem um filme destes a um domingo às 18 horas da tarde. O resultado (para o poderem transmitir) é um filme cheio de cortes o que não tem lógica nenhuma nem faz nenhum sentido. Se os estúdios que o fizeram quisessem que ele estivesse disponível para ser visto por todas as pessoas tinham eles feito a edição do filme, deixando de fora cenas ou palavras consideradas mais ofensivas. É um absurdo a quantidade de cenas que retiraram a um filme destes.

Esta não é a primeira vez que o canal televisivo cria uma polémica similar. Há mais de um ano a mesma situação aconteceu com o filme “Kingsman – Serviços Secretos”. Nesse filme foram cortadas as partes de violência, assim como uma parte sexualmente sugestiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui