No âmbito da estreia do filme Silêncio, e na sequência do vasto programa cultural que envolve o lançamento deste filme em Portugal, a NOS Audiovisuais desafiou o Padre Nuno Branco, jesuíta português Urban Sketcher, e a artista japonesa Kumi Matsukawa, também Urban Sketcher, a criarem a sua própria interpretação das imagens do trailer oficial do filme.

Enquanto Kumi Matsukawa desenhou as cenas do trailer que representam elementos Ocidentais, o Padre Nuno Branco é o autor dos desenhos que invocam as cenas Orientais, suscitando o contraponto ocidente-oriente.

20 - ilustração de P. Nuno Branco, SJ
Ilustração de P. Nuno Branco

Nuno Branco entrou na Companhia de Jesus (Jesuítas) em 2002, e foi ordenado sacerdote em 2012. A vontade de desenhar e o seu traço único levaram-no a integrar a associação “Urban Sketchers Portugal” onde, em conjunto com Mário Linhares, desenvolvem o projeto Retiros de Diários Gráficos. O Espiritual no Desenho, uma experiência destinada a crentes e não crentes onde a componente espiritual encontra a sua expressão através do desenho. Esta paixão pelo desenho e a sua espiritualidade jesuíta unem-se, agora, para dar forma a um trailer inédito, exclusivo para Portugal, e duas exposições na FNAC do Chiado, em Lisboa e FNAC de Santa Catarina, no Porto.

31 - ilustração de Kumi Matsukawa
Ilustração de Kumi Matsukawa

Kumi Matsukawa nasceu e reside no Japão, onde se graduou em pintura pela universidade de Musashino Art. Possui mais de 19 anos de experiência como ilustradora na industria de publicidade, desenhando storyboards para anúncios de televisão. Desde 2001 que também é professora de técnicas de desenho em pastel e aguarela. Colabora também com os Urban Sketchers desde 2009.

SILÊNCIO, de Martin Scorsese, é um dos mais aguardados filmes do ano, e terá particular impacto em Portugal, uma vez que retrata um período importante da história nacional, pela mão de um dos mais consagrados realizadores de Hollywood.

A não perder:

1. Exposição “Japão: a última carta de um mártir”

MUSEU DE SÃO ROQUE – LISBOA

De 19 de janeiro a 19 de fevereiro

Esta exposição fala do tema do martírio e tem como mote o testemunho de Miguel Carvalho, o jesuíta português que já foi beatificado e que é contemporâneo dos portugueses retratados no filme de Scorsese. Na véspera de ser martirizado a 25 de agosto de 1624, Miguel Carvalho, despede-se do seu irmão Simão de Carvalho, através de uma carta. Este documento foi conservado através de gerações e será pela primeira vez apresentado ao público pelo Museu de São Roque.

Entrada: 2,5 € (gratuita ao domingo). Mais informações no website do Museu de São Roque.

 

2. TERTÚLIA – Fé: Silêncios e Limites 

27 de janeiro, 18h00, Auditório B – Reitoria da Universidade Nova de Lisboa (polo de Campolide)

Encontro de reflexão e debate sobre os limites existenciais e espirituais da fé.

Aberto a todos, mas especialmente dirigido aos mais jovens.

Com Carla Rocha; Henrique Raposo; Jacinto Lucas Pires; P. Pedro Rocha Mendes, sj.

 

3. Visita temática guiada ao Museu e Igreja de São Roque sobre os mártires do Japão 

6 de fevereiro, às 15h00

No dia em que se recorda alguns dos mártires do Japão, o Museu de São Roque organiza uma visita às peças da sua coleção que testemunham a presença cristã no Japão e a experiência do martírio.

Mais informações no website do Museu de São Roque.

Este escrito não está de acordo, com o novo acordo ortográfico!