O final de Capitão América: Guerra Civil mostrou não só um conflito entre dois amigos, mas também o momento em que Steve Rogers deixou para trás a sua identidade como Capitão América no Marvel Cinematic Universe.

O momento em que Steve atirou o escudo para o chão, de acordo com os irmãos Russo, teve um impacto mais profundo do que se esperava no desenvolvimento da personagem.

Publicidade

“Acho que o largar o escudo é ele (Steve Rogers) a deixar a sua identidade para trás. É ele a admitir que, certamente, a identidade do Capitão América estava em conflito com a escolha totalmente pessoal que ele estava a tomar”

Explicaram os irmãos Russo relativamente ao final da luta contra Tony Stark em “Capitain America: Civil War”. Apesar dos rumores de que o Capitão morreria nesse filme, tal marca um outro tipo de morte para este super-herói. Se alguém irá assumir a identidade de Capitão América isso somente o futuro dirá.

No entanto existem pistas que apontam para o regresso do capitão com um comentário do argumentista Christopher Markus.

“Está a chegar um grande gajo roxo. Ele (Capitão América) pode ser uma grande ajuda”.

Talvez Steve assuma a personalidade de Nomad (tal como nos comics), talvez volte a pegar no seu escudo branco, azul e vermelho.

O próximo filme dos Vingadores (intitulado “Avengers: Infinity War”) estreará a 3 de maio de 2018, no entanto os fãs do Homem-Aranha poderão contar com uma estreia mais adiantada com “Spider-Man: Homecoming” a 6 de julho do próximo ano.