The Walking Dead: Se tu não lutas, morres

2
697

foto_02

E assim chegámos à season finale de “The Walking Dead”, “Conquer” é muito mais sobre perdão e redenção do que estávamos à espera. O inicio do episódio trouxe-nos de volta o fantástico Morgan (que alguns pensavam estar por detrás do famoso “W”) apresentando-nos finalmente aos novos vilões, Wolves ou Lobos. Ao longo da segunda metade da quinta temporada foram-nos apresentados diversos “Easter Eggs”, tais como a B.D da Enid, os avisos deixados em várias casas e muros por onde o grupo de Rick passou e nas testas de alguns “Walkers”. O inevitável seria mesmo a morte de Pete, visto que ele não se mostrava nem um pouco arrependido com as suas acções anteriores. Ao contrário do que muitos pensavam, Michonne não traiu Rick, mas sim, salvou-o. Carl não obteve muita atenção neste episódio, mantendo-se na maior parte dele, nas sombras. Assim, não teve nenhum avanço visível com Enid.

  Este episódio mostrou-nos no geral, tudo o que queríamos ver. Gabriel e Sasha tiveram que lutar contra os seus próprios fantasmas para que pudessem ter paz com eles mesmos. Maggie ajudou-os nesse processo, mostrou ter-se tornado uma grande personagem, ao perdoar Gabriel depois da conversa  que ouviu, entre ele e Deanna. Podemos estar prestes a presenciar o nascimento de uma grande líder.

foto_01

  Glenn assustou-nos um pouco com aquele momento do “Adeus”, que todos estamos mais do que habituados a ver, quando algo de mau está por acontecer. A armadilha criada por Nicholas levou-nos de volta à season finale da segunda temporada, quando Shane tentou eliminar Rick do seu caminho. Tal como Maggie, Glenn mostrou novamente a grande personagem que é. Depois da morte de Noah e das mentiras que Nicholas contou a Deanna, a tentativa de homicídio foi literalmente a gota de água. Com todas as razões para o matar, Glenn decidiu novamente mantê-lo vivo. Esta decisão não terá de certo desiludido os fãs ou mostrado que a personagem se está a tornar mole/fraco. Muito pelo contrário.

  Abraham parece estar no bom caminho. Finalmente, depois do episódio 5 “Self-help”, que não víamos Eugene e Abraham a conversar. Finalmente (com uma pequena ajuda de Rosita) o grandalhão ruivo desculpa-se a Eugene pela tareia que quase podia ter-lhe custado a vida. Ambos se lamentam à sua maneira, junto de Tara que permanece inconsciente.

foto_08

  Na minha opinião, Rick parece estar a transformar-se num Shane impiedoso. A morte de Pete, foi algo quase que automático para ele. Para quem acompanha a B.D, conseguiu encontrar as grandes semelhanças nas mortes. Apesar de incrível, a morte de Reg não causou grande espanto ou pena, uma vez que o pouco destaque que obteve não nos permitiu criar grande empatia com a sua personagem. Era uma personagem boa, mas fraca e dispensável. Digamos que a sua morte foi um mal necessário, uma vez que Rick só assim obteve a atenção de Deanna e do resto da comunidade.

  Daryl e Aaron continuam a sua demanda na busca de novos sobreviventes, até se verem apanhados na armadilha dos Wolves. Penso que todos gostámos de ver o Jedi Morgan a entrar em acção salvando os dois, de uma morte quase certa. Na terceira temporada vimos como Morgan sobreviveu até ali, criando armadilhas para humanos, e assim com eles, alimentar o seu falecido filho. Agora, temos um Morgan diferente, que defende que toda a vida é valiosa, preferindo afastar os dois Wolves, a ter de mata-los. Isto pode explicar a sua reacção ao ver Rick matar Pete a sangue frio. Rick mata um e salva dezenas. Morgan poupa dois e bem… Vamos esperar para ver!

foto_04

  Gabriel e Nicholas continuam a ter que ser responsabilizados pelas suas acções, visto que eles foram responsáveis pela morte de várias pessoas. Por um lado, o facto de Rick ter encontrado os “Walkers” que entraram em Alexandria, foi uma bênção, mas por outro, foi algo estranho. A maneira como ele acabou com aquele último foi uma mistura de bombástico, com nojento.

   Uma das grandes duvidas que permanece no ar é: Os Wolves será realmente um grupo composto por apenas dois elementos?

   A próxima temporada retorna em Outubro deste ano. Até lá, temos o spin-off “Fear The Walking Dead” já neste Verão.

   Quem sabe os Webisodes regressem também alguns dias antes da sexta temporada.

Texto escrito por: Gerson Inácio // Leitor do nosso site