A BlueBird Pictures é a empresa responsável pela concretização do festival de cinema World Cinema Film Festival, que terá lugar nos dias 22 e 23 de junho, pela segunda vez, em Barking, uma localidade dos subúrbios de Londres, e celebra a cultura de Barking e Dagenham.

A BlueBird formou-se para criar conteúdos mas tendo em mente a cada vez mais premente e presente questão da representatividade. Depois dos conteúdos, surgiram a formação e os eventos focados em áreas sub-representadas e que mereciam ser destacadas.

Joelle Mae David é a fundadora da BlueBird e tudo começou a partir da sua experiência a trabalhar em televisão e cinema. A crença que está na base da BlueBird é a de que nenhuma parte da indústria destas áreas culturais deva ser completamente inacessível aos grupos marginalizados da sociedade.

World Cinema Film Festival
Joelle Mae David

Esta introdução explica o facto de o festival celebrar e focar-se nas áreas geográficas de Barking e Dagenham, dado que existem ali inúmeros jovens com potencial que apenas precisam de uma oportunidade para dar largas ao seu talento.

O festival representa a celebração da cultura e comunidades de todo o mundo e a ideia é criar união através do cinema, em vez de separar através da perspetiva da diversidade, tudo isso através da criação de curtas, documentários ou filmes de animação com o tema “Que significa para si a cultura?”.

Os realizadores que submetem os seus filmes têm a oportunidade de ganhar parcerias de mentoria com os profissionais da indústria, software de escrita de argumento (Final Draft 11), um troféu e a exibição durante o dias do festival.

Há 2 vencedores em cada categoria, Internacional e Barking e Dagenham, a área geográfica em Londres onde o festival terá lugar, dado tratar-se de um local incrivelmente diverso onde 137 diferentes línguas são faladas e foi onde a CEO da BlueBird, Joelle Mae David cresceu.

O objetivo é trazer os jovens desta área para a indústria do cinema, ultrapassando as barreiras que possam existir e utilizando o incentivo extra proveniente do facto de ali se estar a construir um novo estúdio de cinema.

No festival são exibidos filmes de curta duração provenientes de todo o mundo e que refletem a comunidades locais onde se inserem, sendo que este ano são exibidas obras provenientes da Albânia, Roménia, Lituânia, Nigéria, Síria e Paquistão.

Estúdios Dagenham em projeção

No que diz respeito à comunidade local, é objetivo do festival a ligação com as escolas, colégios e universidades, criar um ambiente seguro para que os criativos possam aprender e evoluir, colocar o Clube de Cinema à disposição da comunidade e celebrar a cultura através do festival anual.

O trabalho não termina nem começa no festival de cinema, pelo que se estende a oficinas,  masterclasses e formações gratuitas ou de baixo custo, acessíveis a toda a gente, tornando tudo inclusivo para as escolas e outras organizações locais.

O World Cinema Film Festival irá, pois, ter lugar nos dias 22 e 23 de junho em East London, Dagenham e vem novamente celebrar a mistura de diferentes culturas através da exibição de filmes, oradores convidados, lojas de comida de todo o mundo presentes e os prémios devidos aos vencedores do festival.