Em alguns casos, os erros na gravação acabam por ser melhores do que o planeado, basta um diretor de mente mais aberta aperceber-se desses erros para os deixar no filme ou em séries.

Publicidade

Por isso, hoje irei apresentar:

12 cenas que não eram para ter aparecido em filmes/séries

1.The Avengers: Os Vingadores – os mirtilos

Robert Downey Jr. vestiu de tal maneira a personagem de Homem de Ferro que transportou para ela alguns dos hábitos que tinha fora dela como, por exemplo, estar sempre a comer. A cena em que Robert oferece mirtilos ao Hulk e ao capitão américa não passou tudo de uma improvisação.

2. Guardiões da Galáxia – a cena da esfera

Segundo o ator Chris Pratt, a cena em que ele derruba a esfera com uma gema do infinito não estava no roteiro, e só aconteceu porque é bastante desastrado. Apesar disso, o ator continuou a interpretar a sua personagem, fazendo parecer que era tudo planeado.

3. O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel – o lançamento da faca

Se não fosse pela reação imediata de Vigo Mortensen, esta cena poderia terminar em tragédia. A faca lançada pelo outro ator virou repentinamente e foi direta para o rosto de Vigo, mas ele instintivamente protegeu-se com as costas, deixando apenas alguns vestígios da arma. Obviamente, o treino com armas foi muito útil para Mortensen, e outra cena emocionante aparece no filme.

4. O Diário da Princesa – a queda

Esta cena não estava incluída no roteiro, mas ela encaixava-se tão bem com o modo desajeitado da personagem que os realizadores decidiram incluí-la no filme.

5. 007 — Casino Royale – a cena da praia

Mais uma cena que não era para aparecer no filme. No início, o planeado era aparecer uma rapariga de biquíni, só que por algum motivo desconhecido, quando Daniel Craig foi nadar, o realizador não parou de gravar. Então, em vez de vermos uma mulher de biquíni, acabamos por ver o ator de sunga a nadar. No final, esta peça de roupa foi vendida num leilão por 72 mil dólares.

6. O Cowboy da Meia-Noite-  o táxi

Dustin Hoffman estava tão compenetrado com a sua personagem, o vigarista Ratsoe, que durante a gravação, por negligência, quase foi atropelado por um táxi. Começou a gritar com o motorista, não parando de atuar.

7. Sniper Americano – a cena do bebé

Na cena verdadeira era para aparecer um bebé, mas, à última hora, o bebé ficou doente e teve que deixar o estúdio, fazendo com que Bradley Cooper tivesse que improvisar a cena com um bebé falso. O ator tentou dar o seu melhor tentando tornar o bebé falso o mais realista possível, só que se olharmos com atenção, dá para perceber que é o próprio ator que mexe a mão do bebé de brincar.

8. Os Salteadores da Arca Perdida – o duelo

Esta cena era para ter Harrisson Ford a duelar com um homem mau vestido de preto, só que naquele dia o ator não se estava a sentir muito bem e Steven Spielberg também não queria parar de filmar, por isso, pediu simplesmente ao ator que desse um simples tiro e foi o que aconteceu.

9. Batman: O Cavaleiro das Trevas – a explosão do hospital

Com certeza uma das cenas mais memoráveis de Hollywood é a explosão do hospital em Batman: O Cavaleiro das Trevas. Se eu vos disse-se que durante essa cena existiu um erro técnico que fez com que as explosões só parassem quando já não havia mais munição? O que salvou esta cena foi a brilhante reação improvisada pelo eterno Heat Ledger.

10. Capitão América: O Primeiro Vingador – o toque

A cena do toque no corpo do capitão américa só ocorreu porque, segundo a atriz Hayley Atwell, ela não conseguiu resistir ao olhar para o físico do Capitão América, daí ter tocado  no corpo dele. A cena entrou no filme devido a sua espontaneidade apesar de inoportuno.

11. Django Libertado – a cena do jantar

Esta é mais uma daquelas cenas em que o ator está tão concentrado em interpretar a sua personagem que nem se apercebe do que acontece à sua volta. Neste caso, falamos da cena em que Leonardo Di Caprio está a jantar, não se apercebendo que tem a mão cortada. Como Quentin Tarantino não queria parar de gravar, prosseguiu a filmagem e esta cena foi para o filme.

12. Os Suspeitos do Costume – a cena da polícia

O riso coletivo desta cena não estava no roteiro. Isto aconteceu porque Benicio Del Toro libertou muito gás. Então, Gabriel Byrne cobriu o nariz com uma das mãos. Felizmente, esse cheiro não é sentido no filme.