Conteúdo Exclusivo:

O primeiro NFT de cinema em Portugal

O mundo das cripto moedas começa cada vez mais...

Netflix Portugal, todas as estreias em Agosto 2022

A Netflix Portugal já nos deu a conhecer todas...

“O Pai Tirano” a comédia portuguesa que faltava a 2022

"O Pai Tirano" é comédia portuguesa que faltava a...

MotelX 2021 mais saudável que nunca

Trazemos até ti os destaques desta 15ª edição do MotelX, que se vai realizar no Cinema São Jorge dos dias 7 a 13 de setembro.

7 dias de terror, mulheres serial killers e um mergulho na memória da Guerra Colonial

De 7 a 13 de Setembro, aquele cinema recebe uma programação que reflecte o ADN que o MOTELX tem vindo a refinar ao longo dos anos, mudando assim o panorama cultural da capital ao retirar o medo do cinema de género e cruzando-o despudoradamente com outras expressões artísticas.

Ver também: Descobre os grandes vencedores da 14ª edição do MOTELX

Num misto de visão para o futuro do cinema de terror – ainda que com o olho bem aberto para o que se passa no presente, no mundo e na arte – o número redondo desta edição assume tom de celebração pelo que as honras de abertura recaem na ante-estreia de “The Green Knight” (2021), protagonizado por Dev Patel. Esta é a releitura tão misteriosa como assustadora, tão fantasiosa como profunda da lenda arturiana de Sir Gawain, com assinatura do aclamado realizador David Lowery.

Mas, se em 2020, o foco da programação recaiu naturalmente sobre as questões de racismo sistémico, este ano, a partir da selecção de filmes feministas para a competição oficial como “Black Medusa”, de Ismaël e Youssef Chebbi, ou “Violation”, de Madeleine Sims-Fewer e Dusty Mancinell, a inspiração bebe-se no movimento #metoo. No sentido de deitar por terra o estereótipo da representação masculina nos filmes de terror, estes dois filmes lançam as bases para a criação da identidade do MOTELX 2021 – protagonizada em spot por Sónia Balacó – e para um programa especial intitulado “Fúria Assassina – Mulheres Serial Killer”. Esta retrospectiva junta os escassos filmes de serial killers mulheres apresentando o biopic de Erzsébet Bathory, a “A Condessa Sangrenta” (2009), realizado por Julie Delpy; “Monster” (2004), filme realizado e magistralmente interpretado por Charlize Theron sobre a mais famosa assassina norte-americana; o filme choque “Baise-Moi” (2000), de Virginie Despentes e Coralie Trinh Thi; o ritualístico e desconcertante “Audition” (1999), de Takashi Miike; e a sátira puritana de John Waters, “Serial Mom” (1994).
Na selecção oficial destaque ainda para o muito antecipado “Um Fio de Baba Escarlate” (2020), de Carlos Conceição, que faz uma actualização do Giallo à luz da tão fervilhante era de redes sociais, ou para o novo documentário de Rodney Ascher, “A Glitch in the Matrix” (2020) que nos fala de uma ideia cada vez mais levada a sério pelo mundo científico e filosófico, a de que a realidade é uma simulação de computador. A pandemia é a personagem principal do taiwandês “The Sadness” (2021), em que o vírus promove uma regressão civilizacional.

Se desconstruir estereótipos é uma das premissas omnipresentes desta edição, reflectir sobre a memória pessoal e colectiva quando se assinalam 60 anos do início da Guerra Colonial é o chapéu para o Quarto Perdido desta edição intitulado O Coração das Trevas Português – A Trilogia (Inacabada) do Ultramar. Nesta secção, revisita-se a surpreendente tentativa feita pela dupla produtor/realizador com mais sucesso nos anos 90, Tino Navarro e Joaquim Leitão. Ideia original de Navarro, escrita a meias com Leitão, este tríptico assenta em três tempos: “Inferno” (1999), um filme passado no pós-guerra com veteranos; “Purgatório” (2006), a decorrer num quartel em África durante um bombardeamento; e “Paraíso”, o capítulo ainda por fazer, em torno de jovens na véspera do seu alistamento. Nos dois filmes que aqui ganham destaque, o western spaghetti convive em pleno com a comédia, acção, melodrama, romance, thriller, terror e buddy movie, fazendo desta demanda uma das mais surpreendentes e inusitadas da nossa cinematografia que muito se quer ver finalizada.

Outras sessões anunciadas são as de “The Amusement Park” (1973), o banido filme institucional de George Romero, e a celebração dos 20 anos da obra-prima “A Viagem de Chihiro” (2001), de Hayao Miyazaki, na secção Lobo Mau.

No campo das curtas-metragens, foram já anunciados 7 filmes da secção de Curtas Internacionais com destaque para o galardoado “A Terra do Não Retorno”, de Patrick Mendes, realizador vencedor da primeira edição do Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa, em 2009, e do thriller angustiante e claustrofóbico de Filipe Melo, filmado num plano sequência único, “O Lobo Solitário” (2021). A Secção X, cujos primeiros passos foram dados em 2020, oficializa-se este ano apresentando um novo espaço de divulgação do cinema de terror mais experimental e underground.

Destaque para o Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa

Nas secções competitivas, destaque para o Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa / Méliès d’Argent, pela primeira vez, apoiado pela Santa Casa da Misericórdia, reforçando assim a sua missão de apoio à produção nacional de cinema de género. O valor de 5000€ é o maior atribuído a curtas-metragens em Portugal. Os concorrentes serão anunciados em Agosto.

Mas se a programação regular 2021 é já uma das mais fortes, o habitual Warm-Up que antecipa o festival não é menos tímido. De 2 a 4 de Setembro, ampliando a importância dada às propostas artísticas multidisciplinares que o MOTELX se orgulha de alimentar, em estreia mundial absoluta, “As Vizões do Ego – Uma Encenação Pictórica de Edgar Pêra”, que marca a primeira e surpreendente incursão do conhecido cineasta português na pintura, com dramatização luminotécnica de Rui Monteiro e banda sonora de Artur Cyaneto. RAPSODO é o espectáculo que, no Convento de São Pedro de Alcântara, se constrói a partir de histórias aterradoras contadas por actores consagrados como Maria João Luís ou Miguel Borges, envolvidas na tranquilizante música de Noiserv. E porque as novidades se fazem acompanhar de clássicos, vai poder ainda assistir-se à habitual sessão de cinema ao ar livre no Largo Trindade Coelho, com programa a anunciar brevemente. Todas as actividades respeitam as recomendações da DGS e são apoiadas pela Santa Casa da Misericórdia.

Comprometido com o objectivo de levar o festival, os filmes seleccionados e o cinema de terror português a novos públicos e geografias nacionais, o MOTELX estabelece, este ano, uma importante parceria com a NOS Cinemas. A Volta a Portugal MOTELX nos Cinemas NOS é a nova extensão que tem início imediatamente após a realização do festival em Lisboa e que promete sessões de norte a sul do país, litoral e interior. Os filmes, salas e datas serão anunciados no decorrer do mês de Agosto.

Mais Lidas

Melhores Séries Originais do Disney Channel

O Disney Channel acompanhou e acompanha várias gerações, decidimos...

Let’s Talk # 4 c/ Nuno Duarte (Jel)

A 4ª. Edição do Let’s Talk no Cinema Pla’net conta...

Blake Lively encontra-se em “Águas Perigosas”

Blake Lively fica encurralada por um tubarão num cenário...

Cinema a 2,5 euros durante 3 dias

Vão ser perto de 500 salas de cinema que...

As Melhores Listas

Lista de séries obrigatória para ver em 2022

A escolha é difícil quando a oferta é muita,...

Descubra 7 Comédias Francesas para ver este Verão

Destacamos as 7 Comédias Francesas que estão marcadas para...

12 melhores comédias francesas com Christian Clavier

Christian Clavier torna-se cada vez mais em sinónimo de...

Filmes com personagens super heróis para descobrir

Não marcaste no calendário todos os filmes de Super-Heróis que vão estrear? Com tanto ainda por acontecer, o Cinema Pla'net preparou já a agenda!

6 filmes de Terror a não perder este ano

Este ano, os fãs de filmes de terror já...

O primeiro NFT de cinema em Portugal

O mundo das cripto moedas começa cada vez mais a expandir-se a novas áreas. A aposta é pelo novo filme Curral de Moinas -...

O que é NFT? Descubra como funciona este Token

Com a popularização das criptomoedas, o NFT também se tornou uma reserva de valor importante, trazendo possibilidades de enriquecimento para todas as classes sociais. O...

Netflix Portugal, todas as estreias em Agosto 2022

A Netflix Portugal já nos deu a conhecer todas as estreias que vão acontecer no mês de agosto em Portugal. Vai ser um mês...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui