O festival Cinema Made in Italy 2020 celebra este ano uma década a trazer até Londres o melhor dos filmes italianos, entre 4 e 9 de março e o Cinema Pla´net irá marcar presença.

Os espetadores de cinema de Londres terão uma oportunidade única de experienciar uma mistura eclética das melhores produções do recente cinema italiano no grande ecrã do Ciné Lumière, em South Kensington.

A edição de 2020 irá mostrar dez filmes e coloca as mulheres realizadoras no primeiro plano, com novas obras de Ginevra Elkann, Michela Occhipinti e Chiara Malta incluídas no alinhamento.

O filme de 1974 de Liliana Cavani, “The Night Porter” (“Il Portiere di Notte”), um provocador thriller psicológico com Charlotte Rampling e Dirk Bogarde, passará nas “Sunday Classics Matinee”.

Vê também: Documentário sobre “Roma” de Alfonso Cuarón na Netflix

Os seis dias do evento terão o ponto de partida nesta quarta-feira, 4 de março, com “If Only” (“Magari”), uma história da autoria da produtora e pela primeira vez realizadora Ginevra Elkann, que foi muito bem recebido em Locarno no ano passado.

A multifacetada realizadora e atriz Valeria Golino, que poderá ver-se em “Retrato da Rapariga em Chamas” quando estrear a 12 de março em Portugal, está de volta com dois filmes, como atriz: “Volare” (“Tutto il Mio Folle Amore”) e “5 is the Perfect Number” (“5 è il Numero Perfetto”), ambos estreados em Veneza em 2019.

Outro dos destaques é a narrativa de “Simple Women”, de Chiara Malta, um making of ficcional sobre a vida de Elina Löwensohn, que foi protagonista do filme de culto de 1992, de Hal Hartley, “Simple Man”.

Em destaque ainda o filme de Michela Occhipinti, “Flesh Out” (“Il Corpo Della Sposa”), sobre uma jovem mulher na Mauritânia que é forçada a ganhar peso para conseguir casar, um filme de enorme carga emocional e forte mensagem feminista que esteve presente no Berlinale de 2019.

Como sempre, os visionamentos serão seguidos por uma sessão de perguntas e respostas com os cineastas, dando ao público a oportunidade de se envolver em interessantes discussões sobre cinema.

O evento anual é organizado pelo departamento promocional do Istituto Luce-Cinecittà em Roma (Filmitalia), com o apoio do Italian Cultural Institute em Londres, a agência oficial para a promoção da língua e cultura italianas em Inglaterra e País de Gales.

Os filmes foram selecionados por Adrian Wootton, CEO do Film London e consultor de programação para o BFI Festival de Cinema de Londres.

O Cinema Pla’net irá estar presente no Cinema Made in Italy que decorre entre 4 e 9 de Março em Londres. Em Portugal, a Festa do Cinema Italiano chega a 1 de Abril e a programação será divulgada brevemente.