Clint Eastwood quer seguir exemplo de Manoel de Oliveira

clint

Foi um jornalista da RTP, Ricardo Jorge Pinto, que contou na sua página de Facebook, que um dia tinha entrevistado Manoel de Oliveira para o Jornal Expresso, onde Manoel de Oliveira disse que não gostava do cinema americano, por ser tudo muito rápido.

“Um dia, entrevistei Manoel de Oliveira para o Expresso, durante um almoço no Porto Palácio em que, com exatamente 100 anos, o cineasta revelou um sentido de humor sem idade. Contava ele que tinha estado em Cannes com Clint Eastwood, que o veio cumprimentar entusiasticamente, dizendo admirar muito os seus filmes. Manoel de Oliveira respondeu-lhe que, infelizmente, não podia dizer o mesmo do seu colega, pois não conhecia nenhuma obra de Eastwood. E, na entrevista, confessou, baixando subtilmente a voz: «Não gosto do cinema americano. É tudo muito rápido…»”

O realizador Clint Eastwood, afirmou e citou Manoel de Oliveira como um exemplo seguir, afirmando que também gostava de poder viver tantos anos a fazer cinema.

Subscreve a nossa Newsletter

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo o que se passa no mundo do cinema e televisão.

Informações:

O que achaste? Segue-nos @cinema_planet no Instagram ou no @cinemaplanetpt Twitter.

Tags :
Partilhar:
Publicações Relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *