“Cuidado com a Mamã e o Papá” é o novo filme do realizador Brian Taylor (Crank, Jogo). O filme é sobre uma epidemia de origem desconhecida que faz com que os pais e mães de todo o mundo ataquem violentamente os seus próprios filhos. O filme conta com a participação de Nicolas Cage e Selma Blair nos papéis principais.

O filme « Cuidado com a Mamã e o Papá » (Mom and Dad) centra-se na família de Nicolas Cage, casado com Selma Blair e com dois filhos: Carly (Anne Winters) a típica “teenager” e Josh (Zackary Arthur) a criança inocente. 

Cuidado com a Mamã e o Papá

O filme tem uma storyline bastante original que Brian Taylor não chega a explorar ao máximo. O realizador, inspirado pelos B Movies dos anos 70 e 80, opta por algumas escolhas bastante peculiares a nível de realização e principalmente de montagem. Resultando numa confusão de ideias diferentes.

Vê também: Personagens que queremos ver no Universo Cinematográfico da Marvel

Um exemplo é a “backstory”  ou “background” das personagens. Que se chamam assim por alguma razão. No entanto, neste filme, as backstories (do passado) são dadas depois dos momentos de tensão, cortando imediatamente com a ansiedade do espectador naquele momento. O objectivo é tentar explicar o porquê do presente relacionando-o com o passado. Sendo este passado mais difícil de acreditar quando passa para o espectador uma ideia de coincidência em vez de causalidade.

Cuidado com a Mamã e o Papá

O argumento é razoável. A premissa é boa. Não é bem desenvolvida mas esse também não era o objetivo. Apesar de ser um filme de comédia e terror, está repleto de críticas sociais e humor negro, desde o racismo até ao poder das tecnologias e por aí fora. No entanto às vezes sentimos falta do “terror”. É um filme para soltar algumas gargalhadas. Mas não é para ser levado a sério.

Algo que salva o filme é a representação, nomeadamente a de Nicolas Cage e Selma Blair. A representação é imprevisível e inesquecível. Nunca vimos Nicolas Cage neste extremo de loucura e insanidade. Algo que definitivamente acaba por ajudar o filme a sobressair.

Com uma premissa tão original quanto esta, seria interessante ver algo mais profundo sem ser um filme cliché cujo objectivo é apenas entreter.