Christopher Nolan, o homem que melhor trabalha e apresenta os plot twists, tem nas histórias não lineares e no mistério que lhes impõe, o melhor que o define.

Em apenas 20 anos, o realizador e argumentista inglês conta já com 10 longas-metragens, tendo obtido com todas elas um enorme sucesso.

Depois de ter encetado a sua carreira no cinema com “Following”, em 1998, Christopher Nolan, de 48 anos, já tem provas dadas em quase todos os estilos cinematográficos, incluindo até filmes de super-heróis. Contudo, é no drama, no mistério e na ficção científica, quase sempre com histórias não lineares, repletas de personagens cheias de conteúdo como em “Memento” (2000) ou “Interstellar” (2014) que prevalecem os seus filmes.

Christopher Nolan
Cooper e Murph em “Interstellar”.
Vê também: Do pior para o melhor: A filmografia de Alejandro G. Iñarritu

É inequívoca a comparação do trabalho realizado por Christopher Nolan, com a obra daquela que foi uma das personalidades mais carismáticas e que mudou de certa forma o modo de fazer cinema: Stanley Kubrick. O norte-americano é uma das suas maiores referências no mundo da sétima arte, e uma das suas maiores inspirações.

Christopher Nolan obteve já 5 nomeações para os Óscares, duas como argumentista, uma como realizador e outras duas para melhor filme. Porém não conseguiu arrecadar nenhuma estatueta dourada, apesar do excelente trabalho que tem realizado.

Christopher Nolan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui