Destaques Televisão

Friends from College: A nova comédia da Netflix

  • Julho 25, 2017
  • 3 min read
Friends from College: A nova comédia da Netflix

Friends from College, a nova comédia (será que podemos chamar-lhe mesmo uma comédia?) da Netflix, estreou dia 14 de Julho e conta com um elenco de peso.

Ethan (Keegan-Michael Key), a sua mulher Lisa (Cobie Smulders), Sam (Annie Parisse), Max (Fred Savage), Nick (Nat Faxon) e Marianne (Jae Suh Park) foram colegas de faculdade em Harvard. Quase a fazer 40 anos, todos se sentem perdidos pois as suas vidas não são aquilo que esperavam. Por exemplo, Ethan é um escritor mas, apesar de os seus livros serem aclamados pela crítica, as vendas são fracas; Lisa tem um novo emprego que odeia e não consegue engravidar. Para além disto, há anos que Ethan trai Lisa com Sam.

Entramos no mundo da série quando Ethan e Lisa regressam a Nova Iorque vindos de Chicago, passando a haver reuniões regulares com todo o grupo. Depressa nos apercebemos quão tóxico é este grupo e como estes encontros não vão acabar bem, tendo em conta que todos estão sempre a dizer numa voz aguda “This is so great!”.

Os próprios criadores da série dizem que esta série não é para toda a gente, ou adoras e a entendes perfeitamente, ou então odeias.

Ver Friends from College não é como ver qualquer outra série de comédia. Durante toda a temporada, há um sentimento conflictuoso. O seu tom varia extremamente, há momentos sentimentais que te fazem simpatizar com personagens desagradáveis, mas também há imensas fracas imitações de outras sitcoms. O balanço entre drama e comédia é tão estranho que te deixa sem saber se estás a ver um drama ou uma comédia, ficando sempre uma certa  insatisfação.

Apesar do elenco excelente (principal e secundário, com famosos actores convidados), parece que nunca consegues bem encaixar os actores nas respectivas personagens. Vejamos, por exemplo, Billy Eichner, conhecido por ser barulhento e extravangante, nesta série a personagem que interpreta é quase sempre a voz da razão, responsável e razoável. E quando não o é, parece forçado.

Mas talvez isso seja intencional. Porque, quem diria que um grupo de antigos estudantes de Harvard pudesse ser tão insensato e absurdo. Talvez a série seja uma irónica crítica com o objectivo de te deixar inquieto.

Claramente, a Netflix procurava inovar mais uma vez na secção da comédia ao encomendar esta série. Infelizmente, não convenceu mas quem sabe se terá uma segunda temporada, tendo em conta que a Netflix não tem tomado o caminho mais previsível.

About Author

Marta Pereira

Obcecada por séries, cinema, literatura e fotografia.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *