Igor Regalla e Ana Marta Ferreira são os protagonistas do primeiro filme de Nuno Bernardo, responsável pela mini-série da RTP “Amnésia”.

Depois de ter interpretado Eusébio no filme biográfico “Ruth”, que estreou a 3 de maio, o jovem Igor Regalla é agora Gabriel, um pugilista cabo-verdiano que após a morte da mãe, viaja a Portugal em busca do pai, antigo campeão de boxe nos Olivais. Assim, acaba por conhecer Rui, interpretado por José Condessa, membro de um gangue que organiza lutas ilegais. Elisa é a personagem de Ana Marta Ferreira, o apoio moral e amoroso do protagonista.

Publicidade

Ruth

Fazem ainda parte do elenco Mina Andala e Ângelo Torres, bem como Carlos Areia e Susana Sá. Na Comic Con, para além do casal protagonista e do realizador Nuno Bernardo, estava ainda presente o treinador de boxe Paulo Seco, que referiu:

Hoje em dia há uma imagem muito errada da violência no boxe. Neste filme há um cuidado de estar mais próximo da realidade. Os filmes de boxe foram uma catapulta para muitos atores terem uma carreira no cinema como o Dolph Lundgren no “Rocky IV” e o Robert De Niro em “Touro Enraivecido” e espero que este filme faça o mesmo pelo Igor. 

Ruth
Ana Marta Ferreira, Igor Regalla e Nuno Bernardo

Quando questionado sobre o maior desafio durante as filmagens, o realizador Nuno Bernardo nem precisou de parar para pensar:

Um dos problemas que tivemos foi o estado do tempo. No dia anterior ao início da rodagem estava sol, mas logo a seguir tivemos quatro semanas de chuva contínua. Isso tornou tudo muito mais cansativo. Tivemos dias em que passámos o dia à janela à espera que parasse de chover. Quando a rodagem acabou… chegou o sol. 

Por sua vez, Igor Regalla teve um desafio diferente na representação:

Depois filmares um combate, levares um grande soco, parares para ser maquilhado, porque levaste um soco ali, e voltares daí a uma hora para continuares o combate como se não tivesses parado, com a mesma energia. 

“Gabriel” passou pela Comic Con Portugal, mas de seguida será apresentado no Festival Internacional de Locarno. Estreará nas salas de cinema portuguesas a 21 de março de 2019.