James Gunn é defendido por colegas e amigos depois do polémico despedimento

seangunn jamesgunn getty

Recentemente, depois do inesperado despedimento do americano James Gunn, surgiram vários movimentos com a intenção de convencer a Walt Disney Company a recontratar o realizador.

Depois de serem descobertos tweets (publicados entre 2008 e 2012) considerados ofensivos do realizador de “Guardiões da Galáxia” e “Guardiões da Galáxia Vol. 2”, James Gunn, o presidente da Walt Disney Company, Alan Horn, tomou a decisão de demitir o mesmo. Após a polémica que se instalou, diversas celebridades relacionadas com Gunn comentaram a situação publicamente.

Vê mais detalhes sobre esta controvérsia: A Walt Disney Company despede James Gunn de “Guardians of the Galaxy Vol. 3”
James Gunn
A atriz americana Selma Blair

A atriz americana Selma Blair, amiga de Gunn e conhecida por filmes como “Estranhas Ligações” e “Hellboy”, tornou-se a cara de uma petição que pretende convencer a Disney a recontratar o realizador. Essa mesma petição conta já com 65 000 assinaturas.

O irmão mais novo e colaborador de James, Sean Gunn, publicou uma grande compilação de tweets nos quais dava a sua opinião acerca da situação, do despedimento do irmão, assim como da sua relação com o mesmo:

Espero que não me esqueça de dizer que adoro e apoio o meu irmão James. E estou até orgulhoso do quão querido, generosos e compassivo ele é com as pessoas na vida dele, sejam elas amigas, família, colegas, fãs ou estranhos. Desde que ela era criança, era claro que tinha um desejo (talvez o destino) de ser um artista, de contar histórias, de achar a sua voz através das comics, filmes e a sua banda. A luta por achar essa voz foi, por vezes, desajeitada, mal orientada e absolutamente estúpida, mas por vezes maravilhosa, comovente e hilariante. Desde que dedica a sua vida aos Guardiões da Galáxia e à Marvel há seis anos, vejo-o a aplicar essa voz no trabalho daqueles filmes e a se transformar do gajo que quis dizer coisas para ser chocar as pessoas. Eu vi em primeira mão como ele passou de preocupante para “enternecer o seu limite” para um público maior se aperceber o quão esse “limite” não era tão útil como a ferramenta como ele pensava. O seu dom para contar histórias era algo melhor. Eu vi que o seu coração estava mais aberto do o do tipo que precisava de provocar uma reação nas pessoas contando piadas agressivas e ofensivas (ou o que vocês lhes preferiram chamar – eu não achava aquele material engraçado, nem a nossa Mãe). Esta mudança do meu irmão foi refletida na mudança pela qual os Guardiões passaram. 

James Gunn
Os irmãos James Gunn e Sean Gunn

Eu ouvi o meu irmão dizer inúmeras vezes que o (Peter) Quill conduz a equipa com o lema “Esta é a nossa oportunidade de nos importarmos.” – de nos preocuparmos, era essa a conversa que ele mesmo precisava de ouvir. É isso que tornou o trabalho nos filmes dos Guardiões uma experiência tão recompensadora para o elenco, eu incluído. Conseguimos nos encontrar envolvidos num filme de super-heróis com um grande orçamento que era, no seu direito, profundamente pessoal. Isso é uma dádiva. E é por isso que é boa. Isto não é informação nova, por acaso. São tudo coisas que eu o James explicamos diversas vezes em entrevistas, mais detalhada e eloquentemente. Não é uma sensação nova. Tem sido sempre parte da história. Por isso acho que a minha esperança está nos fãs continuarem a assistir e a apreciar os filmes dos Guardiões, sem esquecer o facto de que o realizador já foi um parvalhão. Eles são, apesar de tudo, filmes sobre descoberta do melhor de nós. Trabalhar neste filmes fez do meu irmão uma pessoa melhor, assim como a mim. Estou orgulhoso disso. Paz.

Assim como os colegas mencionados, Dave Bautista, o Drax, o hilariante e bronco Destruidor de “Guardiões da Galáxia”, comentou igualmente no Twitter:

Terei mais para dizer, mas por agora digo apenas isto. O James Gunn é uma das mais amorosas, cuidadosas e naturalmente boas pessoas que já conheci. Ele é gentil, querido e preocupa-se profundamente com as pessoas e os animais. Ele cometeu erros. Todos nós já cometemos. Eu NÃO estou bem com aquilo que lhe está a acontecer.

James Gunn
O ator Chris Pratt, o realizador James Gunn e o ator Dave Bautista

No entanto, o público espera que outras figuras públicas como os atores Chris Pratt, Zoe Saldana, Bradley Cooper, Vin Diesel, Karen Gillan, Pom Klementieff e o CEO da Marvel, Kevin Feige, comentem a situação publicamente. Relembrem-se que James Gunn foi dispensado dos cargos futuros com a Disney e com a Marvel, nomeadamente a realização do futuro “Guardians of the Galaxy Vol. 3”.

O terceiro filme da trilogia dos Guardiões será supostamente lançado algures em 2020. A sua produção começará já neste outono.

Subscreve a nossa Newsletter

Subscreve a nossa newsletter e fica a par de tudo o que se passa no mundo do cinema e televisão.

Informações:

O que achaste? Segue-nos @cinema_planet no Instagram ou no @cinemaplanetpt Twitter.

Tags :
2014,2017,2018,2020,Alan Horn,BOb Iger,Bradley Cooper,CEO,Chris Pratt,Cruel Intentions,Dave Bautista,Disney,Estranhas Ligações,Guardians of the Galaxy,Guardians of the Galaxy Vol 2,guardiões da galáxia,Guardiões da Galáxia Vol 2,Hellboy,James Gunn,Karen Gillan,Kevin Feige,marvel,Marvel Studios,Pom Klementieff,Sean Gunn,Selma Blair,Vin Diesel,Walt Disney Company,Zoe Saldana
Partilhar:
Publicações Relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *