O ator e cineasta é um dos candidatos que está a negociar com a Warner Brothers para ser o realizador da continuação de “Suicide Squad”. A informação foi confirmada pelo próprio, que é um dos candidatos ao cargo.

Os outros interessados são nomes como Ruben Fleischer (“Zombieland”), Daniel Espinosa (“Crimes Ocultos”)  e Jonathan Levine (“Warm Bodies”), embora, para já, o favorito seja Mel Gibson. A especulação surgiu de um vídeo, durante uma sessão de perguntas e respostas em que Gibson admitiu que estava em negociações, e que já tinha havido um “primeiro encontro”.

Publicidade

Curiosamente o ator criticou bastante os filmes de super-heróis pela violência e pelo excessivo investimento focado nessas produções, tendo dirigido uma crítica muito dura a “Batman v Superman”. No entanto, Gibson está interessado em trabalhar com Will Smith, estando disposto a mudar a sua opinião relativamente aos filmes que criticou duramente no passado.

Para o jornalista Justin Kroll, que entrevistou o cineasta no painel do vídeo acima, caso Mel Gibson queira ser o realizador, o cargo certamente será dele. Esta opinião foi manifestada no seu twitter.

Se Mel Gibson for a escolha final, este seria o oitavo filme a ser conduzido pelo próprio, sendo que o cineasta já realizou filmes como “Apocalypto” e o controverso “The Passion of the Christ”. Gibson já foi realizador, produtor, e ator em vários filmes, tendo já uma extensa carreira.