Cinema Destaques

Mostra de Filmes – Realizadoras Portuguesas

Cátia Santos
  • Janeiro 17, 2019
  • 2 min read
Mostra de Filmes – Realizadoras Portuguesas

No âmbito do projeto Portuguese Women Directors, desenvolvido no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, e financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, terá lugar entre os dias 18 e 27 de janeiro de 2019 a Mostra de Cinema Realizadoras Portuguesas.

O objetivo do evento é apresentar os principais trabalhos de algumas das mais importantes cineastas a trabalhar em Portugal desde o pós 25 de abril. As sessões, a decorrer no Caleidoscópio, no Campo Grande, contarão com a presença das realizadoras cujo trabalho será exibido, e serão precedidas de apresentações e seguidas de debates sobre os filmes.

Entrada livre.

Vê também: Os filmes portugueses que aí vêm

realizadoras

Programa Provisório

Sexta-feira, 18 janeiro 2019, 21.00
“Yvone Kane” (Margarida Cardoso, 2016, 117’)
Apresentação de Sally Faulkner 

Sábado, 19 janeiro 2019, 16.00
“A Filha” (Solveig Nordlund, 2003, 93′)
Apresentação de Ricardo Vieira Lisboa

Sábado, 19 janeiro 2019, 21.00
“Relação Fiel e Verdadeira” (Margarida Gil, 1987, 86’)
Apresentação de Ana Isabel Soares 

Domingo, 20 janeiro 2019, 16.00
“A Toca do Lobo”(Catarina Mourão, 2015, 102’)
Apresentação de Raquel Ribeiro

Sexta-feira, 25 janeiro 2019, 21.00
“Colo” (Teresa Villaverde, 2017, 136’)
Apresentação de Ana Isabel Strindberg (Portugal Film)

Sábado, 26 janeiro 2019, 16.00
“Rasganço” (Raquel Freire, 2001, 100′)
Apresentação de Hilary Owen 

Sábado, 26 janeiro 2019, 21.00
“Natureza Morta”(Susana de Sousa Dias, 2005, 72’)
Apresentação de Tiago Baptista (ANIM-Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema)

Domingo, 27 janeiro 2019, 16.00
“Um Dia Frio” (Cláudia Varejão, 2009, 27’)
“Balada de um Batráquio” (Leonor Teles, 2016, 11’)
“Coup de Grâce” (Salomé Lamas, 2017, 25’)
“Farpões Baldios” (Marta Mateus, 2017, 25’)
Apresentação de Ana David (IndieLisboa International Film Festival)

Cátia Santos
About Author

Cátia Santos

Sou apaixonada pelo cinema e pela escrita mas a minha primeira paixão foi a História. Em cada uma destas paixões estou como quando respiro e quero continuar a respirar assim.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *