“Swiss Army Man” é o filme em causa, do qual inúmeras pessoas abandonaram a sala a meio das várias projeções que ocorreram durante o festival.

O filme segue a história de Hank, interpretado por Paul Dano (“Love & Mercy: A Força de um Génio”), que fica preso numa ilha deserta tendo apenas como companhia um cadáver que deu à costa, interpretado por Daniel Radcliffe.

Publicidade

Capturar

“Swiss Army Man” é apresentado como um filme de aventura que vagueia entre o humor e o drama, mas segundo os espectadores é simplesmente ridículo, devido ao grande número de piadas relacionadas com a flatulência do cadáver e várias cenas obscenas.

Pelos vistos os co-realizadores e co-argumentistas Dan Kwan e Daniel Scheinert estavam à espera de uma reação semelhante uma vez que se inspiraram numa “piada de puns” para escrever o drama existencial de “Swiss Army Man”. Por sua vez, Daniel Radcliffe referiu que:

“A hipótese de interpretar um homem morto neste contexto era demasiado divertida para não a aproveitar.”