Emma Watson protagoniza uma história verídica num culto chileno do qual ninguém consegue escapar.

Após o golpe de estado que colocou Augusto Pinochet no poder do Chile em 1973, Lena e Daniel, um jovem casal estrangeiro, são apanhados no turbilhão das manifestações e Daniel é preso pela polícia secreta de Pinochet. Lena começa a procurar o namorado e descobre que este foi levado para Colonia Dignidad. Decidida a salvá-lo, Lena infiltra-se e conhece o líder.

Publicidade

Colonia Dignidad é descrita como uma área no sul do Chile dedicada à caridade, mas que na realidade é um culto liderado por Paul Schäfer, um nazi que fugiu da Alemanha após acusações de abusos sexuais a crianças, e que durante a ditadura de Pinochet foi utilizado pelos serviços secretos como prisão para interrogatórios e tortura de dissidentes. Ainda hoje decorrem dezenas de julgamentos relacionados com os crimes cometidos no local que vão de abusos sexuais a esconderijos de armas (onde se incluíam um tanque militar, lançadores de mísseis e metralhadoras).

colonia_ver2_xxlg

O filme é protagonizado por Emma Watson, Daniel Brühl e Michael Nyqvist, com realização de Florian Gallenberger (“John Rabe – O Negociador”). De momento, “Colonia” ainda não tem data de estreia para Portugal, sendo que chega aos cinemas alemães em Fevereiro e aos EUA em Abril.