Os Pombinhos” é um dos filmes mais recentes da Netflix, com Issa Rae e Kumail Nanjiani nos papéis principais. Esta comédia/romance/crime consegue arrancar umas gargalhadas e é uma boa escolha para os fãs da comédia de Nanjiani.

Issa Rae e Kumail Nanjiani protagonizam o novo filme da Netflix “Os Pombinhos“, que estreou este mês. Tal como todos os casais, as personagens de Rae e Nanjiani também têm as suas diferenças e as discussões aparecem. Portanto, a solução para estes casos (em Hollywood) parece ser sempre envolver estas duas pessoas num crime para que no fim possam fazer as pazes. Fácil, não é?

Publicidade

Começamos por conhecer Leilani (Rae) e Jibran (Nanjiani) na manhã a seguir ao seu primeiro encontro. A montagem rápida deu para perceber a química fácil entre os dois e como tudo era um mar de rosas no início.

Vê também: Sony prepara “Jackpot”, um spin-off de “Homem-Aranha”

A história avança logo 4 anos, revelando um casal completamente diferente daquele que vimos na montagem. A discussão violenta, mas também sarcástica e engraçada passou a mensagem que aquele casal já não era feliz. Leilani é uma pessoa espontânea mas que não consegue desligar-se do Instagram 5 minutos e Jibran gosta de tudo planeado ao pormernor e na agenda, eliminando o factor supresa.

A discussão inicial aos gritos e o silêncio que cai depois consegue ser bastante realista sobre como estas duas personagens foram construindo uma distância e assim, acabar o namoro. No entanto, Os Pombinhos conseguem sair um pouco dos clichês das comédias românticas e isso deve-se à prestação dos Rae e Nanjiani.

Ambos os protagonistas dão uma forte energia cómica ao filme. Depois do carro ser roubado por um indivíduo para matar um ciclista, as caras de ambos são impagáveis. Pertencendo a “minorias”, acham que ir à polícia não é a melhor opção pois podem ser vistos como culpados. Ficam então envolvidos num homicídio que os leva a uma sequência de chantagens, coices de cavalo e cultos muito estranhos. Apesar do argumento básico do filme, o facto destas duas personagens serem agradáveis torna esta comédia romântica razoavelmente boa.

Para quem já viu Uma Noite Atribulada (2010) ou Noite de Jogo (2018), de certeza que este filme também vai entreter e entregar aquilo que é suposto. Uma narrativa simples, com dois protagonistas divertidos e algumas gargalhadas pelo meio. Sem Rae e Nanjiani o filme não teria resultado tão bem, mas felizmente estes dois pombinhos conseguem brilhar nesta comédia romântica.