A Netflix divulgou o primeiro video teaser para a sua versão de “Ghost in the Shell”, um dos títulos de anime/manga mais queridos a sair do Japão além fronteiras.

Publicidade

Da autoria de Masamune Shirow, a franquia vai ter nova série animada, de que agora são reveladas as primeiras imagens, para além de ganhar também título e período de estreia estimado: primavera de 2020.

No teaser, pode ver-se a protagonista, Major Motoko Kusanagi, a conduzir através das ruínas de Los Angeles no ano de 2045. Quando Motoko sai do jipe, o teaser termina revelando a altura da estreia e o título oficial: “Ghost in the Shell: SAC_2045”.

A nova adaptação da saga a série animada chega 3 anos depois do mal amado e mal recebido remake de live-action que contava com Scarlett Johansson como protagonista.

O projeto foi originalmente anunciado como estando em desenvolvimento em 2017, precisamente no momento em que era produzida a adaptação norte-americana.

A série será realizada por Shinji Aramaki, Kenji Kamiyama e Ilya Kuvshinow. Ainda assim, não foram divulgados mais pormenores relativamente ao elenco de vozes ou uma data específica de estreia. Por agora, sabe-se apenas que chegará à plataforma de streaming em 2020.

Vê também: Zack Snyder e Jay Oliva desenvolvem anime na Netflix

A saga tem origem a partir da manga com o mesmo nome, escrita e ilustrada por Masamune Shirow. Série esta, que esteve ativa entre 1989 e 1997, dando origem: a 5 filmes de animação,; 4 séries animadas; 4 jogos de vídeo e 4 séries originais de animação em vídeo.

A Netflix expandiu a sua oferta de anime disponível em catálogo, depois que encomendou séries animadas como “Pacific Rim”, “Altered Carbon”, “Ultraman”. De igual forma, encomendou uma adaptação para a série live-action “Cowboy Bebop”.

Assim sendo, “Cowboy Bebop” representa a segunda aposta da Netflix numa adaptação deste género, depois de “Death Note” em 2017, que angariou críticas razoáveis tanto do público como da crítica especializada, bem como dos criadores de manga.