CinemaDestaques“P.S., I Love You” está de volta 12 anos depois do 1º filme!

"P.S., I Love You" é um dos romances mais conhecidos de sempre! Estreou em 2008 e desde então tornou-se um filme obrigatório para qualquer fã de romances! 
Alexandra Barros Alexandra BarrosFev 14, 2020
Realização
Richard LaGravenese
Elenco
Hilary Swank, Gerard Butler, Paul Rudd
Estreou a
14 FEV 2008

“P.S., I Love You” é um dos romances mais conhecidos de sempre! Estreou em 2008 e desde então tornou-se um filme obrigatório para qualquer fã de romances! 

“P.S. Amo-te” que estreou há exatamente 12 anos (14 Fev. 2008 em Portugal, 21 Dez. 2007 nos EUA), é baseado no livro, com o mesmo título,  de Cecelia Ahern! Nele acompanhamos Holly, interpretada no filme por Hilary Swank, uma jovem mulher que está a enfrentar o profundo luto pela morte do seu marido Gerry, interpretado por Gerard Butler.
Ver Ainda: “O Farol” – Uma espiral de loucura, com Willem Dafoe e Robert Pattinson

De acordo com a Variety, a Alcon Entertainment, que produziu o 1º filme, adquiriu agora os direitos de “Postscript”, o segundo livro de Cecelia Ahern, que dá continuidade à história de Holly!

“Postscript” acompanha Holly sete anos depois da morte de Gerry, quando a sua irmã a convence a contar a história de “P.S. Amo-te” no seu podcast.

Na sinopse do livro “Postscript”…

Quando um grupo inspirado pelas cartas de Gerry, autointitulado de P.S. I Love You Club, pede ajuda a Holly, ela dá por si mergulhada novamente no mundo que teve tanta dificuldade para conseguir deixar no passado!

Relutante, Holly dá início a uma relação com o clube, ainda que, esta amizade seja uma ameaça à paz que ela acredita ter alcançado. Cada um dos integrantes deste clube conta com a ajuda de Holly para deixar algo com significado para os seus entes queridos! Tudo isto levará a protagonista a embarcar numa jornada única que a levará a questionar-se se abraçar o futuro significa trair o seu passado, e o que significa amar alguém para sempre!

A autora, Cecelia Ahern, acrescentou:

É um projeto profundamente emocional para mim, “Postscript” é o P.S para o meu P.S, e apesar de ser uma sequela, é também uma história que se ergue sozinha sobre viver uma vida com propósito quando se enfrenta doença, luto e perda. Espero que os novos leitores e os fãs de “P.S., I Love You” abracem a nova jornada de Holly!

“Postscript” encontra-se em desenvolvimento. “P.S. Amo-te” estreou em Portugal no Dia dos Namorados em 2008.