More

    Quem vai receber os Óscares honorários?

    Os realizadores David Lynch e Lina Wertmüller e os atores Geena Davis e Wes Studi são os nomeados deste ano para receberem os Óscares honorários da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (Academy of Motion Picture Arts and Sciences).

    geena davis

    Lynch, Wertmüller e Studi receberão Óscares honorários e Davis recerá o Prémio Humanitário Jean Hersholt, numa cerimónia que terá lugar na Ray Dolby Ballroom, em Hollywood, a 27 de outubro. A Board of Governors da Academia escolheu os nomes numa reunião especial na semana que passou, com o anúncio a ser adiado até o presidente John Bailey ter conseguido contactar todos os visados.

    Os 4 prémios refletem o esforço feito pela Academia para se tornar mais internacional e diversa e, por exemplo, Wertmüller segue-se a Agnes Varda, Hayao Miyazaki e Jean-Luc Godard como realizadores não-americanos a ganhar o prémio. Studi foi galardoado com o prémio por ter sido pioneiro no cinema enquanto ator nativo-americano e o Prémio Hersholt  de Davis está relacionado com o seu trabalho pela igualdade de direitos para as mulheres.

    Geena Davis é a fundadora e presidente do Institute on Gender in Media, uma organização não governamental dedicada a educar e influenciar os criadores de conteúdo em cinema e televisão a eliminar os estereótipos de género e criar um maior leque de personagens femininos.

    lina Wertmuller

    David Lynch, com 73 anos, recebeu anteriormente 4 nomeações para os Óscares, mas este é, na realidade, o primeiro que ganhou. É destacado, sobretudo, o seu “No Céu Tudo É Perfeito” (“Eraserhead”), filme que escreveu, produziu, editou, fez a banda-sonora e o som e realizou em 1977, para além de uma enorme carreira recheada de filmes que sempre quebraram as normas e o expectável.

    Wertmüller, por seu lado, hoje com 90 anos, foi a primeira realizadora a ser nomeada para o Óscar nessa categoria, em 1976, pelo filme “Pasqualino das Sete Beldades”, um drama de guerra com tonalidades cómicas pelo qual também foi nomeada por escrever o argumento.

    Studi nunca foi sequer nomeado para nenhum Óscar, apesar de ter aparecido em mais de 30 filmes, nos quais sempre se distinguiu por interpretar personagens fortes e bem representativas daquilo que o ator também impulsiona na vida de ativista nativo-americano, algo em que se envolveu depois de voltar do serviço militar no Vietname.

    Esta cerimónia de entrega de prémios, os Governors Awards, tiveram lugar pela primeira vez em 2009, como uma forma de retirar esta categoria da gala central dos Óscares e dar mais tempo para mostrar os feitos dos seus galardoados. Desde então, 30 pessoas no seu total receberam Óscares honorários, 5 receberam o Prémio Humanitário Jean Hersholt  e 4 receberam o Irving G. Thalberg Memorial Award.

    Óscares honorários

    Os Óscares honorários já foram entregues a atores como Lauren Bacall, James Earl Jones, Steve Martin, Maureen O’Hara, Gena Rowlands, Donald Sutherland e Cicely Tyson; realizadores como Jean-Luc Godard, D.A. Pennebaker, Agnes Varda, Spike Lee e Charles Burnett; o diretor de forografia Gordon Willis; a editora Anne V. Coates; ao animador e realizador Hayao Miyazaki; ao maquilhador Dick Smith; ao diretor de elenco Lynn Stalmaster; e ao compositor Lalo Schifrin, entre outros.

    Vê também: Os vencedores e os melhores momentos da noite dos Óscares

    O Prémio Thalberg já foi entregue a Francis Ford Coppola, John Calley e a equipa de Kathleen Kennedy e Frank Marshall, enquanto o Hersholt  já foi entregue a Debbie Reynolds, Harry Belafonte, Angelina Jolie, Oprah Winfrey e Jeffrey Katzenberg.

    Quando este tipo de prémios era entregue durante a cerimónia dos Óscares, os prémios eram apenas 2 mas as regras mudaram e passaram a permitir a entrega de até 4 prémios por ano, tendo sido o caso em 9 destes 11 anos, agora que encaminha, pois, para a sua 11ª edição.

    Óscares honorários

    Este ano, a reunião para decidir os nomes teve lugar 3 meses antes do habitual e a gala também terá lugar um mês antes do que tem sido regra, sendo que também a cerimónia dos Óscares foi antecipada para 9 de fevereiro de 2020. Ao que tudo indica, o presidente John Bailey quis ter algo a dizer na reunião já que em agosto vão haver eleições para escolher o seu sucessor e igualmente evitar a altura da inauguração do museu da Academia.

    Cátia Santos
    Cátia Santos
    Sou apaixonada pelo cinema e pela escrita mas a minha primeira paixão foi a História. Em cada uma destas paixões estou como quando respiro e quero continuar a respirar assim.

    Queres estar a par de todas as novidades? Calma!

    Prometemos que não te vamos chatear a toda a hora. Garantimos que te vamos enviar conteúdo de qualidade.

    Últimos Artigos

    Artigos Relacionados