A primeira longa-metragem da francesa Julie Ducournau deu que falar na sua sessão da meia noite no festival de cinema de Toronto.

O filme cujo tema se foca no canibalismo fez com que vários espectadores desmaiassem e tivessem que ser assistidos por paramédicos.

A realizadora, em entrevista à Indiewire, explicou que a ideia para a película surgiu quando enumerou três temas tabus na Humanidade: homicídio, incesto e canibalismo. Foi graças ao terceiro tópico que surgiu “Raw (Grade)”.

A história centra-se numa estudante universitária de medicina veterinária que é vegan. No entanto ao experimentar carne pela primeira vez algo de macabro se começa a desnvolver na jovem.

O filme esteve presente na última edição da Semana da Crítica em Cannes e na Riviera foi galardoado com um prémio FIPRESCI. Poderás ver dois excertos do filme em baixo: