Cinema Destaques

Remake de “Hellraiser” já tem realizador e argumentistas

Miguel Revel
  • Abril 12, 2020
  • 2 min read

O remake de “Hellraiser – Fogo Maldito” tem finalmente um realizador e argumentistas associados ao projeto e será o 11º filme do franchise de terror.

Em 1987, o vilão Pinhead (interpretado por Doug Bradley) em “Hellraiser – Fogo Maldito”, juntou-se a outros como Freddy Krueger, Jason Voorhees, Michael Myers, Chucky e Leatherface, que marcaram o imaginário de terror dos anos ’70 e ’80 e que ainda hoje são alvo de inúmeras sequelas e remakes.

O primeiro filme seguia uma mulher infiel que reencontra o seu falecido amante agora zombie, que conseguiu fugir dos demónios cenobitas que o torturavam num submundo sadomasoquista.

Ao fim de 10 sequelas, uma delas de Scott Derrickson (“Doctor Strange”), o vilão Pinhead tem direito a um remake pelo realizador David Bruckner, responsável por “The Night House”, thriller com Rebecca Hall estreado este ano no Festival de Sundance e comprado por 12 milhões pela Searchlight Pictures, agora propriedade da Disney.

Os argumentistas de “The Night House”, Ben Collins e Luke Piotrowski, também estão a cargo do argumento deste remake, que no ano passado contava igualmente com o apoio de David S. Goyer, que em conjunto com Christopher Nolan escreveu os argumentos de “O Cavaleiro das Trevas” e “Homem de Aço”.

Clive Barker, realizador do original “Hellraiser – Fogo Maldito”, não realiza um filme desde “O Senhor das Ilusões” (1995), nomeado aos Saturn Awards.

Miguel Revel
About Author

Miguel Revel

Apaixonado por cinema desde criança, dos clássicos modernos de Nolan e Fincher às obras intemporais de Hitchcock e Welles. Licenciado em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Colaborador do Cinema Pla'net desde Agosto de 2015.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *