The Great, criada por Tony McNamara e com Elle Fanning e Nicholas Hoult, conta a história (vagamente real) de Catarina da Rússia e as suas aventuras na corte.

Catarina II foi uma das monarcas que marcou a história, tendo sido emperadora da Rússia de 1762 a 1796. A sua determinação tornou a Rússia num dos países mais poderosos da Europa e da Ásia. No entanto, The Great não nos vem contar a história exactamente como ela é… E aí é que está a beleza da série.

The Great começa com Catarina de 20 anos, inocente e acabada de chegar a uma corte… Bizarra. Catarina tenta então incorporar aqui uma imagem de girlpower, para destronar o seu marido idiota Pedro (Nicholas Hoult) e ficar com a coroa para si.

A série em si lembra muito o filme A Favorita, de Yorgos Lanthimos. Nada supreendente, visto que o criado de The Great é Tony McNamara, um dos argumentistas do filme de Lanthimos. Continuamos num cenário de festas invulgares e com situações hilariantes, coelhos, tentativas de homicídio e muitos copos partidos à mistura. Os cenários, guarda-roupa e maquilhagem são dignos de nomeações.

Apesar da sua família real a ter preparado para a vida na corte, Catarina é uma sonhadora e ingénua, que chega à corte russa e percebe que a vida de Rainha não será fácil. O seu marido Pedro é uma autêntica cabeça oca que está longe de ser o que Catarina imaginara. Com um país em guerra, Pedro parece só se preocupar em comer, prostitutas, caçar com os seus amigos e agradar à mãe… Que já faleceu. Com o passar da série, podemos ver a enorme evolução de Catarina, que passa de uma personagem disposta a adoptar o seu papel de esposa, para uma mulher determinada, cheia de ideias de como tornar a corte agradável e a perder o medo de ser ela própria a actuar.

Hoult faz um grande papel como Emperador, carregando os momentos mais cómicos da série. O facto de falar tudo o que lhe passa pela cabeça faz com que as situações mais desconfortáveis se tornem engraçadas. É difícil criar empatia com uma personagem destas, mas Pedro encontra a sua redenção quando se começa a apaixonar por Catarina. Hoult e Fanning fazem uma excelente dupla, com muitas discussões, dramas e “huzzah’s”.

Vê também: Já há data para a chegada da Disney+ a Portugal!

A série também consegue ser perturbante e violenta, seja com pessoas ou com animais… Há realmente muito sangue e consegue muito gráfico. Por exemplo, na cena em que Catarina vai confortar soldados russos, que se encontram na guerra contra a Suécia – quando esta chega, vê-se rodeada de cadáveres, lama e sangue. O seu vestido acaba sujo, enquanto Catarina leva uma caixa cheia de macarons, que oferece aos feridos. Um soldado particularmente ferido acaba por lhe dizer que não consegue tirar uma bolacha porque “perdeu os dedos”. Catarina, no seu raciocínio brilhante, oferece-se para atirar a bolacha para a boca dele, acrescentando ainda que “é de pistáchio, se ajudar”. A intenção é boa, a comédia também.

McNamara decidiu não mostrar logo uma Catarina pronta para reinar, e ainda bem. A série vai explorando as falhas da Rússia, como a sua guerra fútil com a Suécia ou a ignorância das pessoas da corte, enquanto Catarina vai amadurecendo a ideia que talvez seja preciso mais do que boas intenções para governar. Os seus livros não ensinaram tudo o que ela precisava de saber sobre a Rússia e, por isso mesmo, Catarina precisa de aliados.

Ao longo dos seus dez episódios, vamos ficando a conhecer quem está a favor desta demanda de Catarina pelo poder. A primeira alida é a sua aia Marial (Phoebe Fox), outrora nobre, mas agora despromovida e condenada a servir. Catarina também convence Orlo (Sacha Dhawan), um burocrata constantemente gozado por Pedro e, claro, o seu amante Leo (Sebastian De Souza). A menção honrosa vai para Phoebe Fox e a sua hilariante personagem, sempre com comentários sarcásticos e no ponto para oferecer.

The Great oferece-nos uma excelente sátira real, cheia de entretenimento, com uma heroína de bom coração, que não desiste dos seus ideais. Apesar da história fugir muito à realidade, parece que Fanning e Hoult conseguiram trazer Catarina e Pedro ao grande ecrã. Huzzah!

A primeira temporada de The Great está na HBO Portugal, com todos os episódios disponíveis, desde 16 de Maio.