O mais recente thriller do cineasta norte-americano conta com a presença de Meryl Streep e Tom Hanks em grande plano. Espionagem, sexismo e reflexões sobre a liberdade de imprensa são alguns dos condimentos que encontramos neste “The Post”.

Meryl Streep interpreta Katharine Graham, a mulher que comanda um dos mais importantes jornais norte-americanos, o “Washington Post”. As nuances da personagem, entre a fragilidade e a bravura são interpretados com mestria.

Publicidade

Enquanto que Tom Hanks dá vida a Ben Bradlee, o editor que procura ultrapassar o “New York Times”. Ben Bradlee é um homem de família que respira jornalismo e que procura estar sempre estar em cima do acontecimento, mesmo que para isso tenha que pisar as margens da lei.

The PostMergulhamos em plenos finais dos anos 60 / inícios dos anos 70, numa época onde os Estados Unidos da América vivem momentos atribulados devido à guerra com o Vietname.

Os principais jornais americanos têm em mãos os denominados “Pentágono Papers”. Uma enorme polémica envolvendo as maiores instâncias do poder americano e que coloca tudo em causa. O “New York Times” e o “Washington Post” disputam entre si os holofotes, mas com o dever interventivo do jornalismo sempre em mente.

“The Post” evidencia a importância do jornalismo numa sociedade e a necessidade de demonstrar o que está por detrás das cortinas do poder.

Encontros secretos, fontes com informações sensíveis, questões em torno do que é notícia, do que deve ou não ser publicado. As inseguranças dos homens perante uma mulher que os lidera.

The Post

No campo mais técnico, “The Post” apresenta uma mise-en-scène impressionante. As redacções dos jornais, as ruas, os carros, as fábricas de impressão são reproduzidas até ao mais ínfimo pormenor.

A banda sonora está a cargo do incontornável John Williams (Star WarsIndiana Jones) que dá cor a toda a narrativa.

The PostSteven Spielberg regressa com um filme indicado a seis globos de ouro e que, com certeza, estará em evidência na nonagésima gala dos Óscares.

“The Post” chega-nos aos cinemas portugueses dia 25 de janeiro de 2018.