Novas formas de vida e uma atmosfera asfixiante são dois dos trunfos com que “Alien” conquistou muitos fãs, para além de ter criado também uma nova forma de fazer terror.

A saga “Alien” é composta por seis filmes, sendo que metade pertence ao mesmo realizador: Ridley Scott. O original, “Alien – O 8º Passageiro”, de 1979, foi seguido de três filmes. Mais tarde, o mesmo realizador concebeu outros dois filmes que servem de prequelas ao original.

Para dar continuidade a esta já bem famosa saga, estão pensados mais dois filmes. Ridley Scott pretende fazer mais um filme para ligar “Prometheus” e “Alien: Covenant” ao seu filme original, previsto para chegar aos cinemas no próximo ano.

Alien

Vê também a nossa crítica do filme “Rampage – Fora de Controlo”

Outro realizador que persegue já há alguns anos a ideia de poder contribuir com mais um novo filme sobre este mundo é Neill Blomkamp. Neste filme estaria previsto o regresso daquela que é a protagonista dos primeiros quatro filmes, assim como de toda a saga e de todo este mundo, Sigourney Weaver.

Os filmes “Alien vs. Predador” e “Alien vs Predador – Requiem” contêm a personagem ou a ideia central deste mundo, porém não participam nesta saga, sendo considerados dois filmes independentes. O reconhecimento obtido, assim como a qualidade que ambos apresentam, é escasso, considerando-se dois fracassos a nível cinematográfico.

Percorre a galeria para ficares a conhecer quais os filmes preferidos para o Cinema Pla’net.

6. Alien: o Regresso (1997)

Sinopse: Duzentos anos após a morte de Ellen Ripley, esta volta a ganhar vida como um poderoso clone humano, continuando a sua eterna batalha contra as criaturas alienígenas. Junto com uma outra tripulação, Ripley pretende evitar que os aliens atinjam o planeta Terra.

Seguindo a ordem cronológica no que toca ao lançamento dos filmes, este adquire o quarto posto. Não tem qualquer semelhança com todos os outros que compõem a saga, não só os filmes que se antecederam, como aqueles que saíram depois. Numa forma mais crua de analisar a situação, esta longa-metragem foi apenas feita pela reputação que os outros filmes alcançaram.

Realizador: Jean-Pierre Jeunet