Homem-Aranha, muito provavelmente o super-herói mais acarinhado pelo público fã, não só da Marvel, mas do mundo das bandas-desenhadas em geral.

A franquia “Homem-Aranha” começou em 2002 com o filme com o mesmo nome de Sam Raimi (“O Plano”, “O Dom”).

Vê também: Do pior para o melhor – A filmografia de Sam Mendes

Filme esse que marcou não só a personagem, mas também aqueles que viriam a ser os futuros filmes de super-heróis, mais especificamente os da Marvel.

Homem-Aranha.

Posteriormente à trilogia criada pelo realizador norte-americano, surgiram outras abordagens do super-herói, uma delas inserida no gigantesco Universo Cinematográfico da Marvel e, mais recentemente, uma versão animada que explora outras realidades.

7. O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro (2014)

Sinopse: Quando Nova Iorque é cercada pela Oscorp, cabe então ao Homem-Aranha salvar a cidade que ele jurou proteger.

A sequela do reboot é considerado o pior filme da saga. A segunda longa-metragem d’“O Fantástico Homem-Aranha” apresenta um vilão que carece de qualidade, para além de não se notar qualquer evolução na personagem principal, revelando-se apenas mais do mesmo.

Realizador: Marc Webb