Esperança é uma das principais apostas da OPTO, a plataforma de streaming da SIC.

Com Cesár Mourão no papel de viúva octogenária, esta série é de Pedro Varela (“Os Filhos do Rock”) e com Miguel Araújo a assinar a banda sonora.

Publicidade

Esperança” é a série que acompanha a vida de uma idosa de 80 anos, muito castiça e sem papas na língua. Esperança é uma das resistentes no coração de Lisboa, que não vai abdicar da sua casinha para ser transformada em mais um Airbnb para estrangeiros. Debaixo da maquilhagem toda está o humorista César Mourão, numa série que tem tanto de drama como de comédia.

“Esperança – A última a morrer” foi uma peça de teatro criada por Mourão, juntamente com Frederico Pombares. O sucesso desta peça serviu de inspiração para a série que está agora disponível na OPTO.

Vê também: Nomadland – Sobreviver na América

Esperança Lino de Albuquerque é viúva e vive com o seu gato Baltazar. Activa, gosta de beber o seu cálice de Porto e é muito teimosa.  Tem Paulina (Leonora Carvalho), angolana, que a ajuda nas tarefas domésticas e lhe faz companhia.

Esperança tem um filho, Artur (Marco Paiva), casado com Leonor (Eva Tecedeiro). São pais de Rodrigo (Gonçalo Almeida), o único neto de Esperança. Artur e Leonor têm os seus interesses e querem que Esperança saia daquela casa o quanto antes. Algo que Esperança não irá fazer, pelo menos assim o parece.

Felizmente, Esperança tem ao seu lado a sobrinha Joana (Joana Africano). Amável e prestável, vem para ajudar a lidar com as confusões que se avizinham. Joana serve também como advogada da tia, depois do incidente que esta teve com Sérgio (Miguel Freire), o administrador do prédio.

Vê também: O Colapso | Uma série imperdível sobre o fim da sociedade moderna

Esta história sobre uma cidade cujas rendas são inacessíveis para a maioria dos portugueses e gradualmente despejada, não podia ser mais actual. Esperança deixa muito claro que não irá abandonar a sua casa, já que mora ali há cerca de 50 anos. Esta série bem portuguesa, com certeza, é uma história sobre famílias, afectos, conduzida por uma personagem feminina cheia de força.

Cesar Mourão é a principal atracção do elenco, mas nenhum dos outros nomes é conhecido ao público. Esta ideia de Pedro Varela é uma forma dos espectador não ter ideias pré-concebidas e focar-se na série tal como ela é.

Entre o drama e a comédia, e sem grandes surpresas, Esperança tem uma narrativa um pouco mais lenta e com o puro propósito de entreter. Mourão dá aqui a melhor prestação, desde a maneira de falar, andar e interagir com as outras personagens.

A OPTO conta lançar 12 episódios ao todo, sendo que já estão disponíveis 7 na plataforma.