Quatro Contos de Gabriel Abrantes

Um programa composto por quatro curtas-metragens de Gabriel Abrantes: “Freud Und Friends” (2015), “Uma Breve História de Princesa X” (2016), “Os Humores Artificiais” (2016) e “As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra” (2018).

Publicidade

Através destas curtas, que tiveram estreia mundial em festivais como a Quinzena dos Realizadores em Cannes, Berlinale, Festival de Cinema de Locarno, Festival de Toronto e que juntas somaram mais de vinte cinco prémios, é possível desvendar o universo cinematográfico de Gabriel Abrantes, que já realizou 19 obras, entre elas Diamantino, a sua primeira longa-metragem que em 2017 recebeu o Grande Prémio da Semana da Crítica do Festival de Cannes.

Com o programa “Quatro Contos”, podemos entrar no universo do realizador, frequentemente habitado por robôs, cientistas, personagens naïfs e dilemas românticos, onde as referências ao mundo da arte, do cinema ou da televisão se cruzam com ambientes futuristas ou distópicos, numa linguagem que mistura o non-sense com a comédia.

de Gabriel Abrantes, com Carloto Cotta, Joana Barrios, Joana de Verona