O ator Irrfan Khan faleceu aos 53 anos de idade. Os seus trabalhos mais conhecidos foram “A Vida de Pi“, “Mundo Jurássico“, “Quem quer ser bilionário?” e “Inferno“.

Nascido em Jaipur, na Índia, Irrfan Khan saltou para o sucesso mundial após o filme “Um Guerreiro Solitário“, em 2001. O seu último trabalho foi o filme “Angrezi Medium“, cuja estreia foi um pouco antes do encerramento das salas de cinema devido à pandemia.

Publicidade

« I suppose in the end, the whole of life becomes an act of letting go, but what always hurts the most is not taking a moment to say goodbye. » [Irrfan Khan, A Vida de Pi]

Em 2018, tinha sido diagnosticado com um tumor neuroendócrino, uma doença rara. No entanto, Khan estava a apresentar algumas melhorias após os tratamentos. Na passada terça-feira, Khan foi internado no Hospital Kokilaben em Mumbai por causa de uma infecção no cólon, onde acabou por falecer.

 

Vê também: Anunciadas novas regras e categorias para os próximos Óscares

Foi em 1988 que se estreou-se na indústria cinematográfica com um pequeno papel no multipremiado filme “Salaam Bombay”, de Mira Nair; antes fez sobretudo séries, na maioria das vezes assumindo papéis de vilão. O seu maior sucesso de bilheteira na Índia foi graças ao filme “Hindi Medium” (2017).

Khan conta também no currículo “The Darjeeling Limited“, de Wes Anderson, “Um Coração Poderoso“, de Michael Winterbottom e “A Lancheira“, de Ritesh Batra.