Com 6 merecidas nomeações aos Óscares, incluindo Melhor Filme, “Minari” é um dos melhores filmes do ano.

Publicidade

Lee Isaac Chung realiza um filme que ultrapassa idiomas e gerações, com valores universais de família e perseverança.

Filho de imigrantes coreanos, Lee Isaac Chung pegou em múltiplos elementos da sua infância numa quinta do Arkansas rural, para criar o argumento de “Minari”.

Desta forma, o filme segue uma família que deixa a cidade, cujos altos custos de vida são dificilmente suportados pelos baixos salários dos operários fabris, e que se muda para o campo na zona central dos EUA, que lhes permite poupar dinheiro para investir num futuro melhor para os filhos. No entanto, a vida da agricultura apresenta-se mais difícil que o esperado, colocando obstáculos nos sonhos desta família.

Ver também: Nomadland – Sobreviver na América | Candidato aos Óscares

Steven Yeun interpreta o pai de família, cujas circunstâncias da vida fizeram-no mais austero com o passar dos anos e que tenta por tudo que resulte esta última oportunidade de garantir um futuro melhor para os filhos. Yeri Han faz o papel da mãe, que aos poucos perde a esperança nos planos do marido e no casamento, tentando encontrar um plano B para ela e para os filhos no caso de tudo se desmoronar.

Ambos estão excelentes nos seus papéis, mas o coração do filme pertence a outras duas personagens, o filho e a avó, interpretados respetivamente pelo jovem Alan Kim e a merecidamente oscarizada Yuh-Jung Youn.

O promissor Alan Kim confere o carinho e a inocência da infância, enquanto a veterana do cinema sul-coreano, Yuh-Jung Youn, interpreta a avó que chega aos EUA para ajudar a cuidar dos netos, mas que acaba por ter de enfrentar as suas próprias batalhas. O elo genuíno entre ambos garante alguns dos momentos mais ternurentos dos últimos anos, ao mesmo tempo que toda a situação é uma boa lição de vida sobre a união da família para vencer os obstáculos da vida.

Destaque ainda para Will Patton, num dos melhores papéis da sua carreira, como o vizinho amigo, rejeitado pelo resto da população, que decide ajudar o empreendimento agrícola da família.

“Minari” estreou nos cinemas a 13 de Maio.