More

    Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore | Um “Festim Sia”

    Indiscutivelmente um festim para os amantes de fantasia. Um filme que liga pontas e dá sentido a todo o universo Harry Potter.

    Monstros Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore é um “Festim Sia”

    Com um tratamento de imagem e efeitos especiais irrepreensíveis “Segredos de Dumbledore” transporta-nos desde o primeiro minuto para esse mundo mágico num crescendo que nos deixa a salivar pelo próximo filme.

    Os personagens ganham consistência e coerência, sejam mágicos ou muggles. Os actores escolhidos não podiam na minha opinião estar melhor. Papéis intensos e personalidades muito bem desenvolvidas que nos fazem facilmente tomar partidos.

    A ponta do véu sobre a vida de Dumbledore é definitivamente levantada e dá-nos um vislumbre da sua personalidade e do passado que fez dele a figura que conhecemos em Harry Potter. Todos os intervenientes na trama alicerçam e dão contexto à história que J.K. Rowling nos contou com a mestria que conhecemos.

    A ligação entre os mundos mágico e não mágico surge aos nossos olhos de forma natural e necessária para que se entenda o que vem a acontecer no futuro.
    É este olhar para trás que explica muitas das situações que aceitámos mas que ainda não entendíamos.

    A leveza e a pureza de alguns dos interlocutores faz-nos sorrir, alternando com a crueldade e oportunismo de outros numa “dança” muito bem orquestrada.
    Este filme é um importante patamar na aventura e faz um fascinante paralelo com o nosso mundo real. Está tudo lá!…

    “Quando nos deixamos consumir pela raiva, as principais vítimas somos nós próprios”

    Esta é talvez a frase que melhor define todo este universo dos Monstros Fantásticos, muito bem explicado por esta prequela.

    Segredos de Dumbledore consegue melhor que nunca fazer o paralelo entre o mundo fantástico e o nosso mundo real, faz-nos pensar de uma forma mágica que nos encanta e faz apaixonar por fabulosas criaturas.
    O melhor dos três e sem qualquer dúvida a não perder!
    Saí da sala a pensar: Quando é que vou rever? Brevemente, muito brevemente!

    Últimos Artigos

    spot_img

    Artigos Relacionados