“Joker” será um filme a solo desconectado do atual Universo Cinematográfico da DC. Para quem duvida do seu sucesso, esta novidade é capaz de elevar as expectativas.

Robert De Niro, o lendário ator de Hollywood e a cara de filmes como “O Padrinho: Parte II”, “Taxi Driver”, “O Touro Enraivecido”, e outras inúmeras obras-primas do cinema, está em conversações para se juntar ao elenco de “Joker”, o filme solo do personagem homónimo.

Publicidade

O projeto está em pré-produção e deverá ser lançado em outubro de 2019. Será realizado por Todd Phillips. Caso De Niro seja confirmado, juntar-se-à a Joaquin Phoenix, que protagonizará, e de Zazie Beetz, ainda sem um papel revelado.

Ver também: Filme do Joker com Joaquin Phoenix acontecerá e já tem data de estreia

Paralelamente, caso De Niro seja confirmado, “Joker” será o primeiro filme de super-heróis no qual o ator nova-iorquino participará. Caso o filme seja bem recebido, será um dos primeiros projetos (em alguns anos) nos quais Bob participa a ter uma receção positiva.

Porém, Robert De Niro poderá ser visto brevemente na biografia de crime “The Irishman”, a sua mais recente e esperada colaboração com Martin Scorsese, que incluirá também os pesos pesados Al Pacino e Joe Pesci. O filme estreará algures em 2019, na Netflix. O fim da produção foi publicamente anunciado em Maio deste ano e lentamente restaura a esperança dos fãs que esperam ver um Robert De Niro idêntico ao clássico.