depois de garantir a sua popularidade em inúmeros jogos e adaptações televisivas de animação, Sonic, o famoso ouriço azul, terá o seu primeiro filme. Com estas adições ao elenco, podemos esperar algo bom!

Em primeiro lugar, já temos protagonista. O nova-iorquino Ben Schwartz dará a voz a Sonic na animação. O ator, humorista e guionista é conhecido pelas séries “Parks and Recreation” (2010-2015) e “House of Lies” (2012-2016). Curiosamente, também trabalha imenso com a voz em projetos de televisão e cinema. Por exemplo, Ben foi o consultor de voz do BB-8, em “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força”.

Sonic
Ben Schwartz

De seguida, foi confirmado que Jim Carrey está oficialmente a bordo! Como previsto, o canadiano será o antagonista principal da animação, interpretando o Dr. Ivo ‘Eggman’ Robotnik, um dos maiores rivais de Sonic. Recentemente, o ator de “Doidos à Solta” declarou que trará o personagem à vida de maneira “mágica, misturada com algum desespero”. Depois de alguns anos reticente em relação à sua carreira, veremos o que o ícone da comédia tem para nos oferecer.

Ver também: Jim Carrey pode entrar em “Sonic the Hedgehog”, o live-action do Sonic

James Marsden, o Scott Summers de “X-Men”, dará a voz a Tom Wachowski, um polícia e parceiro de SonicTika Sumpter  e Natasha Rothwell estão igualmente integradas. Por fim, a chegada mais recente é a de Adam Pally e Neal McDonough. Porém, nenhum tem ainda uma personagem atribuída.

Sonic
Neal McDonough

“Sonic the Hedgehog” será uma animação que misturará CGI com personagens live-action. O filme está atualmente em produção e a realização está acabo de Jeff Fowler, que dá, assim, início à sua primeira longa-metragem. O argumento esteve a cabo de Oren Uziel, Josh Miller e Patrick Masey.

O realizador de “Deadpool”, Tim Miller, estará na produção executiva. A criadora do Sonic, a empresa japonesa de jogos Sega, estará também envolvida na produção. A distribuição estará a cabo da Paramount Pictures. A data de estreia nas salas de cinema portuguesas será no dia 12 de dezembro de 2019, chegando aos Estados Unidos um mês antes.