CinemaDestaquesNotícias de CinemaSony anuncia novas datas de “Once Upon a Time in Hollywood” e de outros projetos

O próximo filme de Quentin Tarantino seria supostamente lançado no dia 9 de agosto de 2019. Calharia, portanto, no quinquagésimo aniversário da morte de Sharon Tate, que foi assassinada na própria casa pela Família Manson. Agora, a Sony pretende lançar “Once Upon a Time in Hollywood” (ainda em filmagens) duas semanas antes, no dia 26 de julho de 2019. As razões que concretizaram esta alteração não estão relacionadas, segundo a distribuidora, com a data em...

O próximo filme de Quentin Tarantino seria supostamente lançado no dia 9 de agosto de 2019. Calharia, portanto, no quinquagésimo aniversário da morte de Sharon Tate, que foi assassinada na própria casa pela Família Manson.

Agora, a Sony pretende lançar “Once Upon a Time in Hollywood” (ainda em filmagens) duas semanas antes, no dia 26 de julho de 2019. As razões que concretizaram esta alteração não estão relacionadas, segundo a distribuidora, com a data em si, com a morte da atriz texana (interpretada no filme pela australiana Margot Robbie). Simplesmente, a Sony Pictures Releasing entende que julho será um mês mais promissor para o filme de Tarantino dentro do mercado de verão, que se poderá manter nas salas de cinema durante mais tempo. Em Portugal, porém, só poderemos assistir ao filme a partir do dia 8 de Agosto.

Brad Pitt e Leonardo DiCaprio em “Once Upon a Time in Hollywood”

Entretanto, a Sony aproveitou também para anunciar novas datas de três projetos em desenvolvimento. Parece que a mesma viu uma oportunidade na atriz, guionista e realizadora Greta Gerwig.  Esta sempre avançará com a adaptação cinematográfica de Little Women, o clássico livro de Louisa May Alcott. Contará com os (já confirmados) pesos pesados Meryl Streep, Emma Stone, Saiorse Ronan, Timothée Chalamet e Florence Pugh. O drama familiar será lançado na América no dia de Natal de 2019, sem ainda data em Portugal.

Ver também: Meryl Streep e Emma Stone possivelmente no próximo projeto de Greta Gerwig

No que toca a filmes requisitados há muitos mais anos, há outras novidades. A data da tão pedida adaptação audiovisual homónima (já finalizada) de Slender Man, o famoso personagem sobrenatural popularizado em folclore, na Internet e em jogos, sofrerá uma alteração ligeira. O filme de terror estreará no próximo dia 10 de agosto na América, ao invés de dia 24. Em Portugal, por enquanto, a data de lançamento mantém-se no dia 23.

Slender Man

“Bloodshot”, a tão demorada adaptação cinematográfica do homónimo anti-herói das comics, verá a luz do dia e dar-se-à início à produção, ainda num período desconhecido. O filme está previsto para ser lançado no dia 21 de fevereiro de 2020. Não há, no entanto, qualquer conhecimento sobre a possibilidade de chegar às salas de cinema portuguesas.

Ver também: Jóhannes Hauker Jóhannesson, de “A Guerra dos Tronos”, junta-se a “Bloodshot”
Once Upon a Time in Hollywood
Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Emma Stone e Abigail Breslin em “Zombieland”

Por último, depois de Woody Harrelson ter confirmado no último mês de Maio que “Zombieland 2”, a sequela da adorada comédia de ação com zombies, iria muito provavelmente acontecer, os fãs ficaram empolgados. O filme será novamente realizado por Ruben Fleischer e escrito por Rhett Reese e Paul Wernick. No entanto, desta vez serão acompanhados por Dave Callaham (“Wonder Woman 1984”). Ainda não foram revelados detalhes sobre o argumento, todavia. Para satisfação dos fãs, o quarteto Emma Stone, Jesse Eisenberg, Abigail Breslin e o próprio Woody Harrelson estarão de volta. A continuação de “Zombieland” começará a ser filmada em janeiro de 2019 e chegará aos cinemas americanos no dia 11 de outubro do mesmo ano, marcando assim os 10 anos da estreia do original, não havendo também ainda quaisquer datas reveladas para a estreia em Portugal.

Francisco Quintas

Francisco Quintas

Amante compulsivo de cinema, clássico e moderno. Sintra, 17 anos, estudante na Área de Economia. Colaborador com o Cinema Pla'net desde Novembro de 2017.